O FUTEBOL COMO LEMBRANÇA – Berilo de Castro

O FUTEBOL COMO LEMBRANÇA – Final da década de 1950, os bairros do Tirol e Petrópolis, com suas ruas largas e sem calçamentos, eram o chamativo maior e verdadeiro para a meninada criar seus campos de peladas de futebol. Residia na rua Mossoró, quase esquina com a rua Rodrigues Alves, próximo ao Estádio Juvenal Lamartine, […]

O FUTEBOL MELHOROU? – Berilo de Castro

O FUTEBOL MELHOROU? – O futebol continua lindo, como disse o grande cantor/compositor Gilberto Gil, na sua bela canção com a cidade do Rio de Janeiro. Como um curioso observador, um assistente contumaz e ex-atleta, tenho visto surgir boas e eficazes mudanças na forma de ser praticado. Os goleiros, tem utilizados mais os pés, saindo […]

EUROPA VISITADA – Berilo de Castro

EUROPA VISITADA – Mexendo e remexendo os velhos papéis engavetados, me deparo diante de um relato que me traz boas e felizes recordações. São lembranças descritas da viagem/ excursão no ano de 1997 para a Europa; bem ordenada e bem dissertada por um dos integrantes do grupo da excursão, o colega médico, Sérgio Fontes, dermatologista, […]

FRASES DE EFEITO – Berilo de Castro

FRASES DE EFEITO – 1- Mais cheiroso do que filho de barbeiro. 2- Mais enfeitada do que burra de cigano. 3- Fala mais do que matraca 4- Mais devagar do que preguiça. 5- Pergunta mais do que padre em confessionário. 6- Mais fiel do que beata. 7- Pede mais do que cego em porta de […]

CONVERSAR SEMPRE – Berilo de Castro

CONVERSAR SEMPRE – A memória puxa um pouco os tempos passados, quando da minha costumeira passagem por frente à Padaria Petrópolis ( bairro de Petrópolis), com destino ao Hospital das Clínicas, meu local de ofício. Ficava admirado e curioso com um grupo de pessoas que, diariamente, conversavam amistosamente, sem pressa e sem o olhar preocupante […]

COVERSAR FAZ BEM – Berilo de Castro

COVERSAR FAZ BEM – A mente quando ativada na busca de lembranças vividas, nos remete aos tempo memoráveis do passado. Recordo quando da minha costumeira passagem em frente a Padaria Petrópolis (bairro de Petrópolis). Caminho diário para o meu destino de ofício, o Hospital das Clínicas( hoje, Hospital Professor Onofre Lopes. Ficava admirado e curioso […]

FUTEBOL VALORIZADO – Berilo de Castro

FUTEBOL VALORIZADO – Tenho ultimamente observado, tanto no Brasil, como na Europa, uma movimentação bem ativa com relação a transações milionárias de jogadores de futebol. Isso é bom e tem contribuído cada vez mais para engrandecer e aquecer o mercado do futebol, especialmente o Brasil: o maior celeiro de craques do Mundo. Os clubes europeus […]

CONVERSAR SEMPRE – Berilo de Castro

CONVERSAR SEMPRE – A memória puxa um pouco os tempos passados, quando da minha costumeira passagem por frente à Padaria Petrópolis ( bairro de Petrópolis), com destino ao Hospital das Clínicas, meu local de ofício. Ficava admirado e curioso com um grupo de pessoas que, diariamente, conversavam amistosamente, sem pressa e sem o olhar preocupante […]

O RIACHUELO ATLÉTICO CLUBE NO CAMPO DE BATALHA – Berilo de Castro

O RIACHUELO ATLÉTICO CLUBE NO CAMPO DE BATALHA – Saindo dos campos de pelada no final da década de 1950, fui levado pelo olheiro/ treinador Zé Negrinho para engrossar a fileira do seu time infantil, o Abecezinho. Pouco tempo depois, fui convidado pelo treinador Pedrinho 40 para fazer parte da equipe juvenil do time da […]

O HUMOR DE ZÉ AREIA – Berilo de Castro

O HUMOR DE ZÉ AREIA – Muitos presenciaram, muitos escreveram, muitos pesquisaram e contaram histórias e causos sobre os antigos carnavais de nossa querida Natal. Assim, e por isso, vou reportar minhas ricas e inesquecíveis lembranças desses períodos momescos. Foram momentos ímpares, com desfiles de blocos (agremiações carnavalescas) pelas principais avenidas da cidade: Deodoro, João […]

A EUROPA REVISITADA – Berilo de Castro

A EUROPA REVISITADA – Mexendo e remexendo os velhos papéis engavetados, me deparo diante de um relato que me traz boas e felizes recordações. São lembranças descritas da viagem/excursão,no ano de 1997, para a Europa; bem ordenada e bem dissertada por um dos integrantes do grupo da excursão, o colega médico, Sérgio Fontes, dermatologista, esposo […]

VALEU A PENA! – Berilo de Castro

VALEU A PENA! – Comecei a atuar profissionalmente pela equipe do Alecrim FC no início da década de 1960, alçado que fui pelo convite do seu treinador, Pedrinho 40. Fui, por ele, observado e convidado após um jogo preliminar no Estádio Juvenal Lamartine, atuando pela equipe juvenil do Riachuelo Atlético Clube (RAC), pertencente à Marinha […]

MINHA DÉCADA DE OURO – Berilo de Castro

MINHA DÉCADA DE OURO – A década de 1960, foi a minha década de ouro. No ano de 1962, fui convocado e assumi com apenas 19 anos, a titularidade como jogador profissional de futebol, na quarta-zaga da seleção de futebol do Rio Grande do Norte, para disputar o Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais. Uma glória, […]

A ARBITRAGEM NO FUTEBOL – Berilo de Castro

A ARBITRAGEM NO FUTEBOL – Na década de 1960, quando atuava no futebol potiguar, o sistema de arbitragem era precário, de pouca importância e sem relevância. A equipe era constituída pelo árbitro principal (o juiz) e dois auxiliares ( os bandeirinhas). Na existia árbitro reserva. Na parte disciplinar, as punições eram feitas no “grito”. Não […]

A QUEDA DO ALECRIM FC – Berilo de Castro

A QUEDA DO ALECRIM FC – Acabo de ouvir em um canal de televisão, que o Alecrim FC, foi rebaixado; caiu, desceu para a 2ª divisão do campeonato de futebol estadual. Fiquei surpreso, triste e estático com a notícia, que dizia: “O Alecrim FC, está fora das competições da 1ª divisão do futebol potiguar”. Voltei […]

O PAU DA BANDEIRINHA – Berilo de Castro

O PAU DA BANDEIRINHA – O pau da bandeirinha existe como um elemento básico e de fundamental importância, como complemento disciplinar de marcação dos gramados nas arenas de futebol. Além desse fundamental papel, o seu local, a sua área, tem servido como espaço de felizes comemorações; e aí, sim, o pobre pau passa a ser […]

SAMBA E CHORO – Berilo de Castro

SAMBA E CHORO –  Os primeiros registros de Música Popular Brasileira (MPB) ligados ao encontro dos indígenas e os jesuítas datam do ano de 1549. Tudo evoluiu com os ritmos do catererê ou o cantachão. No final do século XVII, houve um crescimento significativo com o aparecimento dos primeiros centros urbanos. Em 1808, com a […]

O FUTEBOL COM A MELANCIA NO PESCOÇO – Berilo de Castro

O FUTEBOL COM A MELANCIA NO PESCOÇO – Sou um orgulhoso sobrevivente da safra do futebol da década de 60. Um futebol sem artimanhas, sério, sem rififis. O futebol do centenário JL (Juvenal Lamartine). Bom de se ver, de se envolver e, melhor, de se praticar. Os anos se passaram e, com o avanço do […]

BOM DIA! – Berilo de Castro

BOM DIA! –  A vida saudável se restringe e se resume à uma convivência pacifica, ordeira e humana. Devemos, sim, viver intensamente em busca desses objetivos. A estrada da vida, é longa, porém, nem sempre os seus caminhos são livres e sem obstáculos. A convivência saudável do dia-dia, não ê tão fácil, nem tão simples […]

COISAS DO FUTEBOL – Berilo de Castro

COISAS DO FUTEBOL – Os que vivenciaram e acompanharam o futebol potiguar na década de 1960, são testemunhas que nunca fui oficialmente jogador do ABC FC. No ano de 1962, fui junto com o goleiro Manuelzinho e o atacante Paulo Geladeira, todos pertencentes ao Alecrim FC, convidado para participar de uma excursão do ABC FC, […]