FESTAS JUNINAS – Violante Pimentel

FESTAS JUNINAS – As festas juninas compreendem as celebrações de Santo Antônio (13/6), São João (24/6) e São Pedro (29/6). Santo Antônio, na cultura popular, é considerado o santo casamenteiro. É quem abre as festas juninas. O seu dia é dia de rezas fortes, com a intenção de se arranjar “pareia”. Santo Antônio é conhecido […]

“INVESTIGAÇÃO SOBRE UM CIDADÃO ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA” – Violante Pimentel

“INVESTIGAÇÃO SOBRE UM CIDADÃO ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA” –     Este é o título de um clássico do cinema italiano, dos anos 70, “relativamente esquecido, mas terrivelmente atual.”  Elenco: Gian Maria Volontè, Florinda Bolkan, Massimo Foschi A trama mostra a dificuldade que tem as instituições competentes, na hora de proceder inquéritos, que envolvam figuras importantes do meio […]

AS PRAGAS – Violante Pimentel

AS PRAGAS – Décadas atrás, entrando pelo século passado, de uma hora para outra, do telhado de uma casa simples em Nova-Cruz, passou a cair por todos os cantos, uma “peste” de rãs, que não havia vassoura nem inseticida que conseguisse expulsar. Ali moravam três irmãs, Chanoca, Chiquinha e Doroteia, uma solteira e duas viúvas. […]

OS HETERÔNIMOS – Violante Pimentel

OS HETERÔNIMOS – Há colecionadores de borboletas, selos, discos etc. Também há colecionadores de heterônimos, com personalidades variadas, estilo literário próprio, e inúmeros intuitos. O heterônimo é um conceito literário utilizado por um autor, para criar um personagem completamente diferente da sua própria pessoa e se esconder atrás dele. É uma construção completa de uma personalidade, […]

A LÍNGUA – Violante Pimentel

A LÍNGUA – O hábito de estirar a língua para um irmão ou colega de classe, durante uma discussão, rendia para a criança um castigo ou a ameaça da mãe passar pimenta na boca do filho. É claro que a criança aprendeu a estirar a língua e dizer palavrões, com alguém, como colegas da escola […]

A LÍNGUA – Violante Pimentel

A LÍNGUA – O hábito de estirar a língua para um irmão ou colega de classe, durante uma discussão, rendia para a criança um castigo ou a ameaça da mãe passar pimenta na boca do filho. É claro que a criança aprendeu a estirar a língua e dizer palavrões, com alguém, como colegas da escola […]

UM FELIZ DIA DAS MÃES – Violante Pimentel

UM FELIZ DIA DAS MÃES – Era um dia de domingo, o 2º domingo do maio, do ano de 1955. Eu era criança  e chegou o Dia das Mães. Em casa, Dona Lia, minha mãe, sentiu as dores do parto e meu pai foi buscar a parteira, Dona Maria Gorda, num troller da Rede Ferroviária. […]

O GATO – Violante Pimentel

O GATO – Este caso é verídico. Tonico, o gato mourisco de Dona Vera, que há cinco anos apareceu em sua casa e lá ficou, gozando das benesses de um filho, fugiu de casa. Saiu pela manhã e não voltou para dormir. Viúva e morando somente com o filho único, Daniel, de 17 anos, a […]

ÁGUA DE BEBER – Violante Pimentel

ÁGUA DE BEBER – Nasci e me criei em Nova-Cruz, região agreste do rio Grande do Norte, fronteira com a Paraíba. Uma terra seca e quente, e a cidade não tinha energia elétrica nem água encanada, o que só aconteceu no começo da década de 60. A água que se usava era salobra e tirada […]

O CINISMO – Violante Pimentel

O CINISMO – Cinismo, palavra com origem no termo grego kynismos, é o sistema e doutrina filosófica dos cínicos. Antístenes foi o filósofo fundador da Escola Cínica de Filosofia e mestre de Diógenes de Sinope. Nasceu em Atenas em 445 a.C. e morreu em 365 a.C., aos 80 anos. Antístenes fundou sua escola no ginásio chamado Cinosargos, que em grego significa “cão rápido”. Em sentido figurado, o cinismo tem uma […]

UM FUMO PRETO – Violante Pimentel

UM FUMO PRETO – Adriano, meu saudoso irmão, funcionário da Petrobrás, estava morando em Aracaju, (Década de 60) e Tereza, a esposa, só tinha a filha Adriane, de seis meses. Fui com minha mãe e Bernardo meu irmão caçula, de trem, de Nova-Cruz para Recife e lá pegamos um ônibus para Maceió (AL), na ânsia […]

O GATO E A ONÇA – Violante Pimentel

O GATO E A ONÇA – Essa fábula é muito antiga, do tempo em que os bichos falavam.  É escarrada e esculpida a realidade em que vivemos. O Gato era famoso entre os animais pela sua agilidade, e um certo dia, estando à beira de um rio para beber água, lá foi encontrá-lo a Onça, um dos animais mais perigosos e […]

A SEMANA SANTA – Violante Pimentel

A SEMANA SANTA – Mais uma vez, passou a Semana Santa. Mais uma vez, assistimos à paixão e morte de Nosso Senhor Jesus Cristo, como também de outros Cristos, pessoas desvalidas, que apodrecem nas cadeias, sem defesa, e sem assistência digna. O que vimos foi que o mundo continua sob a opressão dos “poderosos”. Vimos […]

EVOCAÇÃO À VASSOURA – Violante Pimentel

EVOCAÇÃO À VASSOURA – Jânio da Silva Quadros foi um grande político da UDN (União Democrática Nacional), que exerceu a Presidência da República por apenas sete meses, de 31 de janeiro de 1961 a 25 de agosto de 1961. Durante a campanha política, Jânio, com sua voz empolada e seus jargões inteligentes, proferia fortes discursos […]

FATOS E VERSÕES – Violante Pimentel

FATOS E VERSÕES – Estamos vivendo a era dos fatos e das versões mentirosas. Cada dia há mais versões para prejudicar políticos, principalmente quando se trata de pessoa querida pela banda decente do País. Sou do tempo em que o Direito era respeitado e que o estudante de Direito acreditava nas instituições. As mudanças que […]

A BALEIA – Violante Pimentel

A BALEIA – A baleia-jubarte está entre os maiores e mais majestosos animais marinhos. Pode crescer até 16 metros de comprimento e pesar até 40 toneladas. Originalmente, no Brasil, as baleias – jubartes se distribuíam, durante a época reprodutiva, do Rio Grande do Norte a São Paulo. Atualmente, se concentram principalmente, no Banco dos Abrolhos, […]

EVOCANDO O FEBEAPÁ – Violante Pimentel

EVOCANDO O FEBEAPÁ – Não me canso de relembrar o Escritor Sérgio Porto (Stanislaw Ponte Preta, com o seu FEBEAPÁ – Festival de Besteira que Assola o País, (1ª edição – dezembro de 1966 e FEBEAPÁ 2, dezembro de 1967). O besteirol tem aumentado muito nos dias atuais. Há muito mais besteiras hoje, do que […]

A PREVISÃO – Violante Pimentel

A PREVISÃO – José Romeiro, um comerciante de Natal, gostava muito de música e era um pesquisador nato da música antiga, especialmente da “modinha”. Também sabia dedilhar um violão, e gostava de se acompanhar cantando. Indiscutivelmente, tinha cultura musical e fazia questão de dizer. Não esperava elogios. Ele mesmo elogiava a si próprio,  pois gostava […]

PALHAÇOS E REIS – Violante Pimentel

PALHAÇOS E REIS –  Na confusão de gestos e risos sardônicos, eis que o povo brasileiro sofre mais uma vez, com uma nuvem cinzenta de gafanhotos negros, que chegou para acabar com a alegria do povo, quase às vésperas do Carnaval, festa de ricos e pobres, cada um ao seu modo. Quem pode, se empanturra […]

A CONFUSÃO – Violante Pimentel

A CONFUSÃO – Anos atrás, na Igreja Matriz de uma capital nordestina, o padre começou  a celebrar a Missa das 7 horas da noite do domingo, falando mal da politicalha que assolava o País. Isso desagradou aos presentes,  na sua maioria petistas. E seu vozeirão ecoou aos quatro cantos do templo: – Irmãos, estamos hoje aqui, […]