PARA JOCA IN MEMORIAM – José Alberto Maciel Oliveira

PARA JOCA IN MEMORIAM – “ESTE MUNDO ESTE MUNDO É VERDADE É VERDADE” Sábias palavras ditas e repetidas pelos meus trisavôs. Ele falava : esse mundo esse mundo… e ela respondia :é verdade é verdade… É impressionante como nesse diálogo acima está contido tanta filosofia; sabedorias adquiridas com o tempo. Tempo esse que nos surpreende […]

TEMPO,TEMPO,TEMPO… – José Alberto Maciel

TEMPO,TEMPO,TEMPO… – Senti saudades de mim… Num viver suave, ainda não embrutecido no tempo existido, os momentos eram outros mais amenos ,enfeitados de sonhos e fantasias pelo Bem Virá que sonhava. Já morava na cidade grande ,mas sempre voltava para o interior do mato, minhas origens onde recarregava minhas energias bem fazejas Para seguir em […]

AVEXAMENTOS MEUS – José Alberto Maciel Oliveira

AVEXAMENTOS MEUS –  Tenho uns avexamentos Que me deixam encucado Querendo adiantar o tempo Sem carecer ser apressado Ás vezes uma música boa Só escuto os primeiros acordes Pulo logo para a próxima Aí me pergunto: como pode? Não careço avexar o tempo Correndo em busca do nada Afinal no caminho da vida Já percorri […]

NATUREZA POLUIDA – José Alberto Maciel Oliveira

NATUREZA POLUIDA – Dia claro,céu de brigadeiro, enquanto aqui nas dunas e na beira-mar tenho que caminhar entre plásticos, garrafas e todo tipo de resíduos descartados por humanos inteligentes,isto para não nominar de outra coisa ou coisa alguma, qualquer. Depois de um tempo ausente, retorno para minha caminhada nas dunas enquanto recolho o lixo que […]

AGOSTOS – José Alberto Maciel Oliveira

  AGOSTOS –  Finalmente, agosto chegando ao ocaso, já terminou. Já vai tarde e atrasado, graças a Deus e faço gosto depois de tantos desgostos, enfim… Foi um mês onde aconteceu de tudo quanto não presta em matéria de doenças e muito mais, Ave Maria! Padecia de uma doença e quando estava ficando bom, nos […]

CAMINHOS MEUS – José Alberto Maciel Oliveira

CAMINHOS MEUS –  Ausente de Búzios por carecer ficar mais em Natal , -minha esposa precisou fazer alguns exames médicos e tive que ficar por aqui. Como não tenho as dunas e a beira mar para caminhada matinal, estou indo ao Parque da Cidade onde tem uma natureza exuberante que enche os olhos e acalenta […]

CAJUS DA VIDA – José Alberto Maciel de Oliveira

CAJUS DA VIDA –  Os últimos dias têm sido difíceis, hora rápidos demais, hora demorados como se não fossem terminar nunca… Ando sorumbático, uma tristeza só… Não mais prosa , poesia, poemas, a verve sumiu. De repente o meu mundo quase perfeito ruiu e um novo cenário se apresentou com demandas horrorosas onde crianças – […]

IMAGINE – José Alberto Maciel Oliveira

IMAGINE –  Procuro espaços lúdicos, memoráveis, na imaginação que viaja entre vales indomáveis e mares bravios em calmaria. As vezes os encontro no cantar de um bem- te- vi ou voar sinuoso de um gavião no Parque da Cidade, onde por momentos vivencio a sensação de paz e pertencer aquele ambiente que me diz muito […]

TEMAS DA VIDA – José Alberto Maciel Oliveira

TEMAS DA VIDA –  A balada da vida ao longo do tempo teve arranjos maravilhosos . Composições épicas, feitas por músicos excepcionais. Atualmente anda fora do tom, difícil de escutar. Por isso e muito mais: Sou saudosista, bons tempos onde Composições falavam e encantavam nossa alma, que bailavam ao vento de tão felizes… Hoje assobio […]

ESCURIDÃO HUMANA- José Alberto Maciel Oliveira

ESCURIDÃO HUMANA-  Noite com estrelas Lua crescente, quase cheia A iluminar… Led Zeppelin, U2, Belchior, Roberto e Erasmo Rã que Croacha, o filhote de Beija-flor no ninho Um vento brando que refrigera a noite Nada acalma minha alma Que indignada e triste, chora os mortos ucranianos e que continuam… Escuridão existencial no iluminismo em pleno […]

DOCE GUABIRABA – José Alberto Maciel Oliveira

DOCE GUABIRABA – Doce sabor, guabiraba Depois de tanto tempo Te reencontro Teu sabor tem gosto de saudades Um tempo doce no meu viver Em um Agreste simples que não existe mais Ah, doce guabiraba, me levasse no tempo passado Para um tabuleiro que tinha pau ferro, ipé com várias colorações, alecrim de tabuleiro, capim… […]

INFINDA SAUDADE – José Alberto Maciel Oliveira

INFINDA SAUDADE –  Madrugada.O barulho do mar instigado por vento brando, chega até mim com lembranças doídas de saudades ao lembrar amigos que partiram antes do tempo existencial , levados por uma virose maldita que assola a humanidade, deixando uma ausência de vidas a serem completadas num espaço atemporal, infinito de tão presente e sem […]

A GRANDE PEÇA, NO TEATRO DA VIDA1: A MORTE – Maciel Matias

  A GRANDE PEÇA, NO TEATRO DA VIDA: A MORTE –  Aurélio Agostinho de Hipona, nasceu em Tagaste, Argelia(354) e morreu em Hipona, Argélia (430) com 75 anos. Aos 33 anos converteu-se ao cristianismo, desenvolvendo uma característica própria à teologia e filosofia agregando e acomodando várias metodologias desconhecidas naquela época. No momento que estamos vivendo, […]

ÔMICRON, INFLUENZA E AFINS – José Alberto Maciel Oliveira

ÔMICRON, INFLUENZA E AFINS –  A Covid-19 desembestada no meio do mundo, enquanto disfarçado de álcool em gel me escondia com tudo… Tudo a que tinha direito entre rezas e vãs alguimias, quebrantos e mais as vacinas , enquanto o viver seguia… Seguia em passos largos e caminhadas seguras, pisando na beira-mar onde o viver […]

ESTRADA DA VIDA – José Alberto Maciel Oliveira

ESTRADA DA VIDA –  Nos caminhos dessa vida Percorri estradas duplicadas, asfaltos, sinalizações em ótimas condições e assim pude aproveitar muito bem todo esse percurso e continuo. Nos descaminhos que surgiam na minha frente, encarei todos de frente, diblando seus catabilhos, muitas vezes tendo que entrar em veredas errantes , buscando sempre um atalho para […]

DOR E AMOR – José Alberto Maciel Oliveira

DOR E AMOR –  Ano péssimo esse que findou. Estamos em uma rave maldita que vem ceifando vidas e continua… Para adicionar mais sofrimentos: a ômicron entrou na dança, adicionando dançarinos do mal nessa festa funesta e infinda. Os países ricos precisam ser mais solidários e vacinar os países pobres que não tem acesso às […]

SAUDADES MINHAS – José Alberto Maciel Oliveira

SAUDADES MINHAS –  Este final de semana foi de reencontro entre velhos e queridos amigos: eu e as Dunas do meu bem querer. Depois de dois anos separados por conta dessa pandemia, resolvi tomar coragem, movido por saudades imensas e escalar as Dunas e suas reentrâncias, enaltecidas por uma vegetação exuberante de tão bela. Depois […]

DOMINGO NA PRAIA – José Alberto Maciel Oliveira

DOMINGO NA PRAIA –  Domingo amanhecido, praia de Buzios, sol, dunas,mar, natureza ao meu dispor, que felicidade! Acordado de ansiosas expectativas, começo a aventura de ser feliz num paraíso antigo e adorado. Subo as dunas amadas, vejo seus contornos e vegetação e para minha tristeza imediata constato poluição por tudo que é lado, desde garrafas […]

DOMINGO NA PRAIA – José Alberto Maciel Oliveira

DOMINGO NA PRAIA –  Domingo amanhecido, praia de Búzios, sol, dunas, mar, natureza ao meu dispor, que felicidade! Acordado de ansiosas expectativas, começo a aventura de ser feliz num paraíso antigo e adorado. Subo as dunas amadas, vejo seus contornos e vegetação e para minha tristeza imediata constato poluição por tudo que é lado, desde […]

TRAGÉDIA PANDÊMICA – José Alberto Maciel Oliveira

TRAGÉDIA PANDÊMICA – Madrugada fria Lua minguante mas que ainda clareia os caminhos da vida… Enquanto isso, aqui na Terra a Covid-19 segue ceifando vidas e escurecendo os caminhos do viver nestes tempos de danação. Por conta dessa trágica situação, amigos partiram antes do combinado, depois de sofrimentos inenarráveis de tantas dores e solidão. Hoje […]