Elino, Elino, como é bom o teu forró!

AB securedownload

Fernando Jorge

Pois é.

Aos treze de novembro de 1938 nascia em Timbaúba dos Batistas, no Seridó do Rio Grande do Norte, o nosso grande mestre ELINO JULIÃO.

Filho de Sebastião Pequeno, tocador de concertina, já desde menino Elino já ensaiava seus primeiros passos de artista na festa de Sant’ Ana em Caicó.

Em 1950, “danou-se” para Natal de carona no caminhão de Artur Dias, e veio parar no bairro das Quintas.

Foi calouro na extinta Rádio Poti, no programa do radialista Genar Wanderley e animou as tardes do Forró da Coréia, que deu inspiração para uma música do mesmo nome. Sucesso total.

Esse nosso artista potiguar foi o responsável por grandes sucessos do cancioneiro nordestino e em especial do potiguar. Quem não se lembra do RABO DO JUMENTO, NA UNHA DO GUAXINIM, O BURRO, É A MULHER QUEM MANDA e tantos outros sucessos. São pequenos exemplos da grandiosa discografia desse maravilhoso compositor.

Teve a seu lado uma grande companheira na vida e parceira compositora, Veneranda, a quem também prestamos a nossa homenagem a essa grande mulher.

Neste período junino não poderíamos  deixar de lembra-lo, de toca-lo, e principalmente de render-lhe muitas homenagens.

O Rio Grande do Norte muito deve a esse grande homem que cantou e encantou as coisas do sertão.

AS NORDESTINAS, grupo musical de Parnamirim, RN, com seu repertório voltado para as coisas do nordeste e em especial do Rio Grande do Norte, prestam-lhe homenagens em todo esse período junino de 2015, cantando os seus grandes sucessos e eternizando a sua grande obra musical.

 Você conhece os sucessos do Elino Julião?

Eu sou fã do Elino Julião.

Fernando Jorge – Contabilista e apreciador da verdadeira música nordestina.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *