23 de julho de 2017

O MINISTRO ALOPRADO – Geraldo Ferreira

As infelizes declarações do ministro da saúde, atingindo frontalmente a categoria médica, responsabilizando-a pelo fracaso do sistema de saúde nacional, vieram com tanta violència que de forma uníssona uniu a categoria no rebate aos despropósitos. Grupos de redes sociais se espalharam por todos os estados fo Brasil, permitindo aquele efeito […]
23 de julho de 2017

O VELHO/NOVO DELEGADO – Berilo de Castro

Já aposentado e precisando engordar o caixa, que era magro, para sustentar a grande família, meu pai, Antônio de Castro, reformada da Polícia  Militar, resolveu ir até o seu estimado amigo e compadre, o Governador Dinarte Mariz, em  busca de um emprego. Na verdade não era seu costume, nem muito […]
23 de julho de 2017

AZNAVOUR, A LENDA VIVA – José Narcelio Marques Sousa

  Nas décadas de 60 e 70 era comum ouvirmos música romântica francesa em discos, filmes ou em programas de emissoras de rádio pelo Brasil. Algo raro atualmente. Daí a razão das vozes de Edith Piaf, Maurice Chevalier, Yves Montand, Silvie Vartan, Johnny Hollyday, Mireille Mathieu e Gilbert Bécaud me […]
22 de julho de 2017

 18 ANOS… – Guga Coelho Leal

                            O Baile de máscara, festa que abre o carnaval de Natal, foi criação nossa, dos confeitaristas – freqüentadores da Confeitaria Atheheu, há aproximadamente vinte e cinco anos. Era uma festa simples, com uma bandinha –Banda do […]
22 de julho de 2017

A DESAPARECIDA – Violante Pimentel

Décadas atrás, numa quarta-feira, o casal Nelson e Marina, residente em Natal, passou um grande susto. Ao voltar do trabalho no final da tarde, a casa estava às escuras e sem nada preparado para o jantar. Como de costume, Marina tinha deixado com a empregada Josefa o dinheiro do pão, […]
22 de julho de 2017

VIVEMOS EM DOIS MUNDOS – Rinaldo Barros

Já tem um tempinho que ando assuntando sobre o significado de tudo isso que estamos vivendo. Cogito se não estaríamos vivendo “entre dois mundos: um em estado terminal, e outro que luta por vir à luz”. Busquei nos mestres do século passado uma possível fonte para compreender esta charada. Fixei-me […]
21 de julho de 2017

RELEMBRANDO BOB MOTTA – Valério Mesquita

RELEMBRANDO BOB MOTTA – Morreu Bob Mota, o poeta do povo. Foi autor consagrado que dispensa ladainhas. Publicou mais de quinze cordéis e manteve coluna semanal “Cantinho do Zé Povo” em jornais de Natal e de outros municípios. O irrequieto Roberto Coutinho da Motta foi acolhido no Instituto Histórico e […]
21 de julho de 2017

AMOR PELO FAZER – João Batista Soares de Lima

AMOR PELO FAZER – Tem gente que ama fazer o bem aos seu irmãos. Reparte seus bens, presenteia, ajude, socorre os necessitados. Isto é muito louvável. Quando essa atitude é a expressão do seu amor, esse amor pelo fazer se dá de forma natural; não pesa, não cansa, nem é […]
20 de julho de 2017

CÂMARA CASCUDO, UMA FORMA PRAZEROSA (BRASILEIRA) DE LEITURA – Luiz Serra

CÂMARA CASCUDO, UMA FORMA PRAZEROSA (BRASILEIRA) DE LEITURA – Luís da Câmara Cascudo, nosso mestre maior da cultura popular, fez de Natal o cenário de vida e sonhos, para si e para seus fabulosos personagens, que revelam a história do Brasil de forma didática e na dinâmica pitoresca do folclore. […]
20 de julho de 2017

SUDENE FORTE, NORDESTE MELHOR – Amaro Sales de Araújo

SUDENE FORTE, NORDESTE MELHOR – A Sudene de Celso Furtado não existe mais. É fato. Foi um dos momentos importantes de articulação e planejamento. Mas, uma nova Sudene está se consolidando, mais uma vez, como um instrumento imprescindível para o Nordeste melhor. A nossa esperança – que não é pouca […]
20 de julho de 2017

MENOS ” IGREJAS” E MAIS HOSPITAIS – Cid Montenegro

MENOS ” IGREJAS” E MAIS HOSPITAIS – A crença é uma escolha de qualquer ser humano escolhendo por livre vontade a sua religião, que é o caminho que une um pobre mortal a um ser superior. E isso merece nosso respeito. O ser humano, que faz toneladas de ferro não […]
19 de julho de 2017

O ESQUECIMENTO GLOBAL – Ana Luíza Rabelo

O ESQUECIMENTO GLOBAL – Somos cercados por tecnologias, atordoados por novas descobertas, soterrados por termos, que, na maioria das vezes, nem conhecemos o seu significado. Enfim, somos criaturas do século 21, do terceiro milênio. Mas por mais interessante ou absurdo que pareça, nós, que evoluímos tanto em alguns pontos, permanecemos […]
19 de julho de 2017

SÓ AS URNAS DIRÃO EM 2018 – Ney Lopes

SÓ AS URNAS DIRÃO EM 2018 – Muitas “conversas” e “articulações” subterrâneas  verdadeira “caixa de surpresas” na política estadual. O “tsunami” das acusações de práticas ilícitas, atingindo, direta e indiretamente, as lideranças locais, deixa vazios e escombros, que terminam estimulando o surgimento de candidaturas para o preenchimento de espaços, na […]
19 de julho de 2017

MUNDO MÁGICO – José Alberto Maciel Oliveira

MUNDO MÁGICO – Estou na Selva de pedra do meu penar, onde nunca deveria ter ido, salvo por algum motivo de força maior, justificável na medida da insensatez de um viver pra sobreviver,pois assim estava escrito no caderno de minha amada mãe – educação ,educação e educação – agora, pago […]
18 de julho de 2017

OS MEUS PARABÉNS A UM AMIGO – Haroldo Mota

  OS MEUS PARABÉNS A UM AMIGO – No dia 15 de julho aconteceu o aniversário de meu grande amigo Flávio Rezende. Por isso, escrevi isso para ele. Flávio, meus parabéns com toda alegria do mundo. No dia 15 as trombetas nos quatro cantos do mundo anunciaram a data cheia […]
18 de julho de 2017

DE BRANCO – José Delfino

DE BRANCO – É fácil pensar. Só pensar. Entretanto, por no papel o pensamento da forma que você vê, nem tanto. Pois é difícil superar o sentimento escondido nele que, às vezes, você até não gostaria de ser revelado de forma tão explícita. Daí a necessidade de escamotear. Daí o […]
18 de julho de 2017

LEMBRANDO NATAL – Lenilson Carvalho

LEMBRANDO NATAL –   Com o fracasso das Capitanias Hereditárias, em número de 15, o Rei de Portugal, Dom João III criou um novo sistema – Governo Geral, de administrar as terras brasileiras. O Rei de Espanha e Portugal, Felipe II através de duas cartas régias de 9 de novembro […]
17 de julho de 2017

O POTENGI E SUAS MARGENS – Diógenes da Cunha Lima

O POTENGI E SUAS MARGENS – Encantado por grandes águas, principalmente as correntes, levo o Potengi aonde vou. Vendo outros rios do mundo, faço comparações. O “rio dos camarões” leva vantagem em beleza e sedução para os mais famosos. As suas margens perdem feio na preservação da natureza, no aproveitamento […]
17 de julho de 2017

1984 É AQUI – Marcelo Alves Dias de Souza

1984 É AQUI – Mal ponho os pés em Londres e deparo com uma manchete do “The Guardian” que me deixou intrigado. A polícia aqui tem um plano para instalar câmeras de vigilância pelo céu do Reino Unido a fim de, pelo menos oficialmente, monitorar comportamentos antissociais de motoristas, imigração […]
17 de julho de 2017

SINALIZAÇÃO – Jaécio Carlos

SINALIZAÇÃO – Moramos numa cidade hospitaleira, praias de águas mornas, hotelaria com serviços de primeiro mundo, comércio ativo, enfim, uma Natal aconchegante.  Esses atributos estimulam a vinda de empresários, famílias e gentes de todo mundo pra cá. Veem morar, curtir a  qualidade de vida que  cidade oferece. Mas é preciso […]