Carlos Araujo, ex-marido de Dilma, morre aos 79 anos

O ex-deputado estadual pelo PDT gaucho, advogado e ex-marido de Dilma Roussef, Carlos Franklin Paixão de Araújo, faleceu na madrugada deste sábado, aos 79 anos, em Porto Alegre. Ele havia sido internado no último dia 25 de julho, com um quadro de cirrose medicamentosa, mas foi liberado dias depois. A causa da morte não foi divulgada. O ex-deputado ajudou a fundar o PDT ao lado do ex-governador do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro, Leonel Brizola, e foi deputado pelo partido em três mandatos, de 1982 a 1994. Ele se afastou da sigla em 2000, junto com Dilma, e acabou retornando em 2013. Foi também candidato a prefeito de Porto Alegre. Carlos Araújo e Dilma Roussef foram parceiros de guerrilha e ficaram casados por mais de 30 anos. Juntos, tiveram a filha Paula, mãe de seus dois netos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *