9 de outubro de 2021

A OUSADIA DE CRIAR – Valério Mesquita

A OUSADIA DE CRIAR – Alberto Frederico de Albuquerque Maranhão nasceu em Macaíba, em 02 de outubro de 1872 e faleceu em Angra dos Reis (RJ) no dia 1º de fevereiro de 1944. Um meteoro de luz incandescente, que já aos 20 anos de idade colava grau na Faculdade de […]
30 de setembro de 2021

A NUDEZ DA SOLIDÃO – Valério Mesquita

A NUDEZ DA SOLIDÃO – Existe uma doutrina defendida pelos monges trapistas do Tibet – até hoje não superada – de que ninguém administra sozinho. E uma corrente mais ortodoxa complementa: não se ganha eleição sozinho. No Brasil, desde 1947, os pleitos majoritários e democráticos que elegeram Getúlio, Juscelino, Jânio, […]
23 de setembro de 2021

PROCESSO ELEITORAL PERVERSO – Valério Mesquita

PROCESSO ELEITORAL PERVERSO – Jesus Cristo, o amado mestre, falava através de parábolas. O ser humano comum, quando muitas vezes quer dizer uma verdade, escreve por linhas tortas. Esse preâmbulo indefectível vem esbarrar num assunto que desejo abordá-lo via deduções preterintencionais, comparativamente a uma bula medicamentosa. Repleta de disse-me-disse. Falo […]
10 de setembro de 2021

IMAGEM E IMAGINAÇÃO – Valério Mesquita

IMAGEM E IMAGINAÇÃO – Não posso morrer de silêncio. Mesmo ante a impotência dos vocábulos. Em ar de conversa vou desfazendo equívocos e revolvendo arquivos desta quadra transitória. No cafezinho habitual do ponto, perguntam-me se Carlos Eduardo Nunes Alves se reelegeria prefeito de Natal? Ora, se Vilma Maria de Faria […]
2 de setembro de 2021

REPOSIÇÃO DE FATO HISTÓRICO – Valério Mesquita

REPOSIÇÃO DE FATO HISTÓRICO – Na posse do famoso coronel Estevão Moura, no século dezenove, o engenho Ferreiro Torto vislumbrou tertúlias memoráveis, visitas ilustres de presidentes da província e dignitários do império, com banquetes e bailes. Como amigo da boa mesa, todos conheciam o modo fidalgo com que o coronel […]
25 de agosto de 2021

VIAGEM INTERROMPIDA – Valério Mesquita

VIAGEM INTERROMPIDA –  Conhecemos o poeta e jornalista Carlos Drummond de Andrade em 1984, no Rio de Janeiro, através do conterrâneo Antônio Carlos de Oliveira, seu amigo e confidente. Magrinho, fala mansa, olhar vivo e perspicaz, o poeta beirava os 82 anos. Nossa missão, como presidente da Fundação José Augusto, […]
19 de agosto de 2021

APRESENTAÇÃO – Valério Mesquita

APRESENTAÇÃO – “O TEMPO E SUA DIMENSÃO”, 1968, se caracteriza por uma incompreensão natural da vida. Retrato da alheação e medo de uma época em que o homem ou o tempo desvalorizou o caráter. É um protesto no escuro. Protesto à impostura, que não somente nas cabeleiras dos moços, mas, […]
13 de agosto de 2021

CENTENÁRIO DE ALUÍZIO ALVES – Valério Mesquita

CENTENÁRIO DE ALUÍZIO ALVES – A memória do ex-governador, deputado federal, ministro e jornalista Aluízio Alves jamais deixará de despertar em todos nós, novas reflexões sobre a sua vida e obra. É o mesmo que afirmar que sempre se dirá dele a penúltima palavra mas nunca a última. Assim foi […]
2 de agosto de 2021

MACAÍBA DE SEU MESQUITA – Valério Mesquita

MACAÍBA DE SEU MESQUITA –  01) Este fato pitoresco aconteceu na luta política municipal de 1968, em Macaíba. A protagonista principal foi a minha tia Amélia Násia de Mesquita Meira, avó materna do médico e pesquisador Olímpio Maciel. Dona Nazinha, como era familiarmente conhecida, tinha ido a sua terra votar […]
20 de julho de 2021

EVOCANDO CORTEZ PEREIRA – Valério Mesquita

EVOCANDO CORTEZ PEREIRA  – Relutei muito em escrever sobre José Cortez Pereira de Araújo. Teimava comigo mesmo em relatar a sua odisséia. A travessia do sofrimento político, os algozes, os coveiros do seu governo até a eutanásia dos seus sonhos. Decidi me deter nos instantes felizes que presenciei ao lado […]
16 de julho de 2021

UM ORADOR SEM FREIOS – Valério Mesquita

UM ORADOR SEM FREIOS – Apelido comum que podia estar associado ao do posto de gasolina ou ao popular soltador de traques juninos das ruas e das praças. Não. Zé Bomba era alcoólatra contumaz que vagava por Macaíba proferindo discursos de esquina em esquina. Os temas eram comuns, mas a […]
14 de julho de 2021

RELEMBRANDO UBIRAJARA MACÊDO – Valério Mesquita

RELEMBRANDO UBIRAJARA MACÊDO – O saudoso jornalista Raimundo Ubirajara Macêdo lançou há vinte anos passados, o seu livro “… e lá fora se falava em liberdade”, na Capitania das Artes. Bira é macaibense nascido em Jundiaí e afilhado de crisma do meu pai Alfredo Mesquita Filho. Como funcionário do antigo […]
5 de julho de 2021

O MEMORIAL DE MURILO – Valério Mesquita

O MEMORIAL DE MURILO – Terminei a última página do livro “Testemunho Político” do saudoso jornalista e acadêmico Murilo Melo Filho. Desde os estertores da República Velha (1930) até 1965, foram trinta e cinco anos de dança de vampiros. Nele qualquer leitor aprenderá a redefinir a política, o jogo ambíguo, […]
2 de julho de 2021

O ATHENEU: LEMBRANÇA QUE O TEMPO NÃO DESFEZ – Valério Mesquita

O ATHENEU: LEMBRANÇA QUE O TEMPO NÃO DESFEZ – Naquele tempo, o nosso mundo começava no Atheneu, um nome bonito,  sonoro, poético. Era o tempo da felicidade na sua forma mais simples; dos primeiros alumbramentos; dos gestos inaugurais dos amores clandestinos. Falar sobre o Atheneu dos idos 50 e 60, […]
18 de junho de 2021

RELEMBRANDO DJALMA MARINHO – Valério Mesquita

RELEMBRANDO DJALMA MARINHO –  Djalma Marinho era um ser simples, disponível, abordável, culto, democrático nas intransigências e nas concessões. Jurista de escol, transformou-se num dos mais admiráveis pensadores e iluminado parlamentar na Câmara Federal. O humanismo de Djalma transcendeu a ele, sobrepondo-se à própria contingência, principalmente pela humildade. Por ter […]
12 de junho de 2021

OMISSÃO DELIBERADA – Valério Mesquita

OMISSÃO DELIBERADA –  Dia sete de agosto de 2001, o Rio Grande do Norte completou 500 anos do seu descobrimento. Um aniversário invejável. Pouquíssimos estados brasileiros ostentam esse privilégio. Tudo começou com a fincagem do Marco de Touros por navegadores portugueses do quilate de André Gonçalves ou Gaspar de Lemos […]
1 de junho de 2021

MACHADINHO – Valério Mesquita

MACHADINHO – Perdemos dia 26 passado, a figura do jornalista potiguar João Batista Machado, aquele rapaz, inquieto e idealista, que deixou a sua querida cidade de Assú, na década de 1960, para realizar seus sonhos em Natal. Sua vocação se revelou espontaneamente. Foi uma opção de vida. Seu salto para […]
27 de maio de 2021

LIBERALISMOS – Valério Mesquita

LIBERALISMOS – Do ponto de vista econômico, cultural, jurídico, político, social, religioso, consuetudinário, todos, enfim, que neguem os valores da Bíblia irão destruir a própria humanidade, ao longo do tempo. É uma questão lógica e não pessoal. Ou profética. Afirmam que é a evolução, a modernidade. De retrógado e conservador […]
24 de maio de 2021

SÍNTESE DE UMA VOCAÇÃO – Valério Mesquita

SÍNTESE DE UMA VOCAÇÃO – O acadêmico padre João Medeiros Filho é do sertão, lá de Jucurutu, onde, Deus o sustentou na fé desde que nasceu. Sempre, manteve reflexões espirituais diante dos fatores imanentes e iminentes da vida. É um simples, não gosta de reuniões onde desfilam egos inflados. Suas […]
12 de maio de 2021

COSTUMES POLÍTICOS – Valério Mesquita

COSTUMES POLÍTICOS – Marcelo Fernandes é um amigo de antigas jornadas. Não é comum nos avistarmos pelos vãos e desvãos da vida natalense. Mas sempre que nos encontramos, o cumprimento recíproco é irreprimível: saudações pessedistas! Essa frase evoca o velho PSD de guerra do tempo de Túlio Fernandes, Alfredo Mesquita, […]