Primeiras aprovações de vacina para Covid-19 podem ser concedidas até o fim de 2020, diz regulador alemão



Foto de arquivo mostra funcionário da CureVac manipulando vacina experimental contra Covid-19 em Tuebingen, na Alemanha — Foto: Andreas Gebert/ Reuters

Foto de arquivo mostra funcionário da CureVac manipulando vacina experimental contra Covid-19 em Tuebingen, na Alemanha — Foto: Andreas Gebert/ Reuters

As primeiras aprovações para uma vacina contra a Covid-19 podem ser concedidas no final de 2020 ou no início de 2021, disse o chefe do órgão regulador de vacinas da Alemanha nesta terça-feira (15).

Klaus Cichutek, chefe do Instituto Paul Ehrlich, disse que os reguladores não seriam menos meticulosos do que o normal ao avaliar os pedidos de aprovação das vacinas para combater a pandemia, segundo a Reuters.

BioNTech e Pfizer

Entre as nove vacinas que estão na fase final de testes, está a conhecida como BNT 162b2, desenvolvida empresa alemã de biotecnologia BioNTech e a farmacêutica norte-americana Pfizer. Mil voluntários brasileiros, das cidades de São Paulo e Salvador, participam do teste.

No início da semana, as duas empresas solicitaram ao Food and Drugs Administration (FDA), agência que atua como a Anvisa nos Estados Unidos, a autorização para ampliar a testagem e aplicar as doses em mais 14 mil pessoas. A expectativa das empresas é que possam chegar a uma conclusão sobre a eficácia do imunizante até o final de outubro.

Em agosto, resultados preliminares indicaram que a vacina induziu uma resposta imune “robusta” e não teve efeitos colaterais graves em voluntários adultos.

A Pfizer já concordou em vender 100 milhões de doses de sua vacina ao governo americano, oferecendo uma opção de compra de mais 500 milhões.

A empresa também negociou 200 milhões de doses com a União Europeia e 120 milhões de doses com o Japão até a primeira metade de 2021.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *