PONTO DE VISTA ESPORTE – Leila de Melo



1- O ABC confirmou nessa terça-feira (12) que o atacante Wallyson está garantido para a temporada 2021. O ídolo alvinegro chegou a um acordo com a diretoria e definiu a permanência no clube após um ano de 2020 complicado, quando disputou apenas 15 jogos por ter sofrido uma grave lesão ainda em fevereiro. Apesar disso, ainda conseguiu marcar 12 gols. Em campo, foi campeão potiguar, mas não conseguiu ajudar a equipe a conquistar o acesso à Série C. Os volantes Vinicius Paulista e Valderrama também seguirão no clube, além do goleiro Rafael e dos zagueiros Vinicius Leandro e Helitão, que já haviam sido anunciados.

2- O América-RN vai iniciar sua nova temporada juntando os cacos, o time que quase conseguiu seu acesso a Série C, optou em não renovar com o técnico Paulinho Kobayashi para temporada 2021. A decisão pela saída do treinador, de “forma cordial”, como anunciou o clube, aconteceu após reunião com a diretoria na noite dessa terça-feira (12), dois dias após a eliminação na Série D do Campeonato Brasileiro. Agora, o Alvirrubro vai ao mercado em busca de um novo comandante.

3- O Palmeiras sofreu, mas graças ao formidável jogo de ida, pode-se dar ao luxo de perder de 2 a 0 do River Plate ontem (12) no Allianz Parque e está na final da Copa Libertadores da América. O time comandado pelo português Abel Ferreira venceu os argentinos pelo placar de 3 a 0 e na partida em Avellaneda. Mas a raça, gana e talento do River na noite dessa terça-feira em São Paulo foi algo de tirar o chapéu, em cada jogo cada uma das equipes mostrou porque estão entre os quatro melhores times da América do Sul.

Com um arbitragem polêmica e muitas intervenções do VAR, o jogo teve contornos dramáticos, o River foi para o intervalo de jogo vencendo por 2 a 0. No início do segundo tempo fez o terceiro gol, mas o VAR foi acionado e o tento foi revisto pelo árbitro da partida e anulado, pois houve uma violação no início da jogada. Os argentinos seguiram atacando, algumas boas chances em chutes de fora da área. Rojas foi expulso, deixando o River com um a menos, mas ainda sim o time comandado por Marcelo Gallardo buscou forças e pernas para suprir o homem e a menos e seguiu atacando.

O VAR novamente em ação num pênalti, o juiz foi consultar o vídeo e anulou novamente a marcação. E na derradeira e última jogada da partida, após 9min de acréscimos, um pênalti foi marcado, o árbitro consultou o vídeo e anulou, caso fosse confirmado, poderia ter levado o jogo para as penalidades máximas.

Ufa, que jogo! Deu gosto de assistir essas duas partidas semifinais. O Palmeiras por sua histórica partida de ida e sua gana em defender no jogo de ontem, fez por merecer sua vaga na final da Copa Libertadores da América que será realizada no dia 30 de janeiro no Estádio Maracanã.

 

 

 

Leila de Melo – jornalista esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *