Para Temer o país vai recuperar breve o grau de investimento

O presidente Michel Temer antecipou ontem, em discurso a ruralistas na cidade de Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, que a Selic cairá, até o fim deste ano, dos atuais 9,25% ao ano para algo entre 7% e 7,5%.  Não é comum um presidente da República fixar um nível determinado para a taxa básica definida a cada 45 dias, em média, pelo BC. Ao falar em números, Temer deu a entender que já acertou tudo com o presidente da autoridade monetária, Ilan Goldfajn, e os demais diretores da instituição. Ao longo do governo Temer, a taxa básica já baixou cinco pontos percentuais, de 14,25%, em outubro do ano passado, para 9,25%, atualmente. No mercado financeiro, a perspectiva é de que os juros cedam um patamar entre 7% e 8%, devido ao forte recuo da inflação, que, nos 12 meses terminados em julho, ficou em 2,71%, o nível mais baixo desde 1999. Enquanto o governo estuda revisar a meta fiscal e cortar mais gastos, o presidente Michel Temer afirmou que o Brasil “logo, logo” vai recuperar o grau de investimento. E ao falar sobre as reformas que estão sendo realizadas, disse que o seu governo está sendo ousado, porque são matérias que ficaram durante anos paralisadas e que agora estão sendo postas em prática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *