Emenda de Vicentinho cria a`Bolsa Otário´

CARLOS ALBERTO BARBOSA 1

Como disse o confrade Ricardo Rosado em seu blog, Fator RRH, o seu bolso pagará os salários dos militantes sindicais a partir de agora. Melhor explicando: a Câmara aprovou na noite de ontem, um pacote de bondades para servidores públicos que implicarão em aumento nos gastos públicos e impacto nas contas de mais de R$ 900 milhões ao ano.

Entre as medidas incluídas pelos deputados está a emenda, de autoria do líder do PT, Vicentinho (SP), que estabelece que a União terá que arcar com os salários de servidores públicos que forem eleitos para mandatos em confederações, federações, sindicatos e associações cooperativas das diferentes categorias. Hoje, a lei concede licença para exercer esse tipo de mandato, mas quem paga o salário dos dirigentes são os sindicatos e as entidades. Aliás, sobre isso, já participei da direção do Sindicato dos Jornalistas do RN e nunca deixei de trabalhar nas redações devido a isso.

Com todo o respeito que tenho ao conterrâneo Vicentinho – ele é do Rio Grande do Norte, natural de Acari – Rosado tem razão ao dizer que o contribuinte, na verdade, é quem vai arcar com os salários dos sindicalistas, e não a União, propriamente dita, já que os impostos pagos pelo cidadão certamente vão servir pra isto. Isso é um verdadeiro absurdo. Os sindicalistas já são privilegiados por serem dispensados do seu emprego para se dedicar aos sindicatos, federações e confederações. Agora se cria a “Bolsa Otário”, para que o cidadão que paga impostos pague também o salário de quem atua em sindicatos, federações, confederações e até associações.

Vou já pra rua protestar contra o “Bolsa Otário”. Aliás, mais uma pauta para as manifestações que se projetam contra a Copa do Mundo. Que tal se criar uma hastag do tipo #abaixoabolsaotário? Nada mal, não é? Os sindicalistas não me representam. Portanto, não tenho que pagar seus salários. Os sindicatos, federações e confederações que o façam como já vêm fazendo.

Não fossem os altos impostos que o brasileiro paga, o nobre deputado Vicentinho, líder da bancada do PT na Câmara, quer agora com o “Bolsa Otário” lesar mais ainda o bolso do contribuinte. Os impostos que pagamos, nobre parlamentar, devem sim serem bem empregados na Educação, Saúde e Segurança pública que está faltando neste país e não para pagar salários de sindicalistas, que muitas vezes sequer trabalham em prol de suas categorias. Fazem mais política do que trabalham em favor das causas que se propuseram a lutar quando eleitos por seus sindicatos, federações, confederações e associações.

Carlos A. Barbosa – Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *