29 de julho de 2014

Basta o essencial

HOMENAGEM PÓSTUMA  ” Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora.  Sinto-me como aquele menino que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltavam poucas, rói o caroço.  Já não tenho tempo […]