28 de outubro de 2020

BRASIL AMANHÃ – José Alberto Maciel Oliveira

BRASIL AMANHÃ – Como será o nosso amanhã? Pergunta difícil de responder e ao mesmo tempo doída, enquanto brasileiro. Moramos num país continental, onde caberia quase uma Europa inteira; vivemos em um solo rico, onde “se plantando tudo dá ” , além de minérios e água abundante. Possuímos também uma […]
8 de outubro de 2020

TEMPOS IDOS – José Alberto Maciel Oliveira

TEMPOS IDOS –  A viola que ponteia A saudade que campeia E maltrata meu coração Me retorna a minha aldeia De onde nasci e vim Um tempo nada ruim Vida completa e cheia Cheia de amor e ternura De um viver grandioso Onde era alegre e sabia Nada era glamoroso […]
2 de outubro de 2020

BÚZIOS PARADISE DO LIXO – José Alberto Maciel Oliveira

BÚZIOS PARADISE DO LIXO – Senhor prefeito de Nísia Uma floresta de encantos Que tá um lixo a céu aberto Com entulhos em todo canto Me refiro a nossas praias De Pirambúzios a Barreta Como chegamos a essa sujeira Será alguma mutreta? É lixo no meio da canela E nós […]
29 de setembro de 2020

VERÃO A BEIRA MAR – José Alberto Maciel Oliveira

VERÃO A BEIRA MAR –  Final de setembro, início da primavera. Aqui nesse meu cantinho , no sossego e no vai e vem da minha rede, observo algumas mudanças acontecendo na nossa natureza praiana ,onde o mar no final de tarde se apresenta de uma cor verde esmeralda sob um […]
24 de setembro de 2020

TEMPORANEIDADE – José Alberto Maciel Oliveira

TEMPORANEIDADE –  Chega um tempo na vida Em que se quer só ser feliz Onde só os momentos bons importem Uma felicidade raiz Que seja bastante e longa Ou seja curta o instante Podendo até ser por um triz O que importa mesmo é a plenitude O záz do momento […]
10 de setembro de 2020

TENSÕES PANDÊMICAS – José Alberto Maciel Oliveira

TENSÕES PANDÊMICAS –  Esses dias tem sido difíceis. Queria escrever para ao menos poder respirar ares novos, diminuir as tensões ,fazer qualquer coisa que mudasse essa situação vivenciada, fugir de mim mesmo. Nem isso conseguia , por está vivendo uma situação difícil, de sofrimentos e preocupações com a saúde de […]
4 de setembro de 2020

PANDÊMICO – José Alberto Maciel Oliveira

PANDÊMICO – Perdi a noção e o tempo Do mundo da poesia Fugiu a verve, métricas e rima Feriu-se minha auto-estima Estou sem motivação alguma Enquanto amigos padecem Sofrem com essa pandemia E isto ninguém merece As noites são mal dormidas Sofro junto com eles Imaginando suas dores Todo seu […]
18 de agosto de 2020

LÁGRIMAS DE SAUDADES – José Alberto Maciel Oliveira

LÁGRIMAS DE SAUDADES – Início da madrugada, o ontem que ainda é hoje face ao adiantado da hora. Não tem pausa, só sofrimentos que parecem nunca terminarem … Já são mais de cento e cinco mil mortos, entre eles amigos queridos de longas datas, insubstituíveis no cordão do bem querer, […]
14 de agosto de 2020

PROVAÇÃO AMBIENTAL – José Alberto Maciel Oliveira

PROVAÇÃO AMBIENTAL –  No Jardim da natureza Onde o viver se cultiva O humano se rebela Com sanha auto-destrutiva Se acha um ser superior Em detrimento de outras vidas Se arvora de um poder Que ele acha que tem Destruindo a natureza Sem respeitar a outrem Destrói a flora e […]
10 de agosto de 2020

NATUREZA VIOLADA – José Alberto Maciel Oliveira

NATUREZA VIOLADA – Início de agosto,vento açoitando o mar revolto que brilha em tons opacos misturando um azul turquesa,onde sinto e vejo toda beleza acontecendo ,graças ao sol, que foge por um momento, de nuvens que o encobriam e logo o aprisionavam novamente. Aqui, neste pedaço de mar, encantado por […]
28 de julho de 2020

FREIO DE ARRUMAÇÃO – José Alberto Maciel Oliveira

FREIO DE ARRUMAÇÃO –  Nesses tempos de pandemia, depois de um longo tempo percorrido, fico olhando ao meu redor, atento aos acontecidos, vendo medo, tristezas e a cara da fome em rostos embrutecidos. Em muitos desses rostos, existe uma preocupação latente, por demandas urgentes, para ontem, e que nunca chegam, […]
21 de julho de 2020

SIDUCA E APARECIDA: IN MEMORIAM – José Alberto Maciel Oliveira

SIDUCA E APARECIDA: IN MEMORIAM – Estamos vivenciando tempos difíceis, tempos de dor, sofrimentos e prostação sem fim. A cada dia que passa,essa pandemia se adianta e chega mais perto da gente, trazendo sofrimentos e dores irreparáveis, nos deixando uma sensação de impotência perante sua letalidade sem fim. Tempos difíceis […]
10 de julho de 2020

TEMPOS DE NUNCA MAIS – José Alberto Maciel Oliveira

TEMPOS DE NUNCA MAIS –  Me arvorei de poeta Para lembrar do passado Onde o viver era belo Vivia num mundo provilegiado Meus pais estavam presentes As maldades mundanas ausentes Eu era um ser encantado Tomava banho de rio Água límpida, fria e doce Comia fruta madura no pé Este […]
4 de julho de 2020

SAUDADES MINHAS – José Alberto Maciel Oliveira

SAUDADES MINHAS –  Na claridade da saudade de uma lua remota, num passado distante,retorno a minha adolescência onde em noites agresteiras era feliz,contemplado… Ao avistar o bacurau Cantando no meu terreiro Varar noite em farinhada Montar cavalo ligeiro Chupar cana caiana plantada lá na vazante Escutar rasga mortalha Em cantar […]
22 de junho de 2020

HARMONIA – José Alberto Maciel Oliveira

HARMONIA – Sinto a brisa do vento maral soprando no meu rosto que está taciturno,tenso! Estou enclausurado por uma contusão na coluna, impedido-me de subir nas dunas e nadar em uma piscina extensa,a minha disposição,quase só pra mim… Junta quarentena,contusão,vontade de me mexer…pronto,tá armada a desarrumação ou desalinho nestes tempos […]
8 de junho de 2020

DESARRANJO – José Alberto Maciel Oliveira

DESARRANJO –  Madrugada calma, só uma brisa leve quase sem vento; não escuto nem o barulho do mar que está tão próximo e todos os sinais da natureza indicam que vai chover dentro de pouco tempo. Para quebrar a monotonia, escuto o cantar de um galo em uma rua próxima, […]
22 de maio de 2020

PANDEMIA POLÍTICA II – José Alberto Maciel Oliveira

PANDEMIA POLÍTICA II – Madrugada,chove lá fora, ondas do mar impulsionadas pelo vento, trazem notícias da mãe África,onde o Covid-19 faz seu estrago,devorando vidas,deixando rastros de destruição e muita dor. Aqui, deste lado do Atlântico Sul,a situação segue na mesma toada fúnebre,onde a pandemia dança seu rito macabro e que […]
19 de maio de 2020

PANDEMIA POLÍTICA – José Alberto Maciel Oliveira

PANDEMIA POLÍTICA – Já passa da meia noite. No céu meia lua inteira, minguante. No Brasil, insignificantes brasileiros,na ótica de maus políticos, minguam da vida tangidos por políticas partidárias destoantes em meio a uma terrível pandemia. Protocolos médicos são seguidos,após internação, onde o doente embarca em trens quase sempre de […]
14 de maio de 2020

PROSA, POEMA E POESIA – José Alberto Maciel Oliveira

PROSA, POEMA E POESIA –  Tenho andado entre versos e prosa Rimas, loas e poesia Mas, a verve anda vazia, vadia E não quer me paquerar Ás vezes aceita um cumprimento Um reles piscar de olhos, só Até tentei essa coisa moderna, em desuso, chamada de amizade colorida Nada… Nesse […]
11 de maio de 2020

PROSA, POEMA E POESIA – José Alberto Maciel Oliveira

PROSA, POEMA E POESIA – Tenho andado entre versos e prosa Rimas,loas e poesia Mas,a verve anda vazia,vadia E não quer me paquerar Ás vezes aceita um cumprimento Um reles piscar de olhos,só Até tentei essa coisa moderna,em desuso,chamada de amizade colorida Nada… Nesse intervalo longo,até as letras se rebelaram […]