18 de outubro de 2016

ARTIGO: Jansen Leiros (in memorian)

O CÉU DE  NATAL – Quando criança, uma das coisas que mais me empolgavam era esperar o entardecer para ver surgir a lua, as estrelas, cometas, meteoritos e sentir a aragem da orla marítima de Natal, bem na curva do Atlântico. Uma outra coisa empolgante, era aguardar o surgimento da […]
4 de setembro de 2016

ARTIGO: Jansen Leiros

COMPROMISSOS ASSUMIDOS  NO PASSADO –  Nós sabemos que, em nossas folhas cármicas estão inseridos débitos do passado, que foram sendo acumulados diuturnamente, ao longo dos dias e, somente o ressarcimento efetuado efetivamente, vai, de forma gradativa, desbastando o campo minado por tais obrigações, equilibrando o balanço de pagamentos dessas contas. […]
22 de julho de 2016

ARTIGO: Jansen Leiros

O Céu de Natal – Quando criança, uma das coisas que mais me empolgavam era esperar o entardecer para ver surgir a lua, as estrelas e sentir a aragem da orla marítima de Natal. Outra coisa empolgante, era aguardar o surgimento da Constelação do Cruzeiro do Sul, nas noites escuras […]
30 de junho de 2016

ARTIGO: Jansen Leiros

DAS CRÔNICAS E SEUS ARTESÃOS –  Alguns curiosos, não possuindo muito embasamento para reconhecerem um texto, enquanto etilo literário, nos questionam como devemos classificar uma crônica e quais são as regras para reconhece-la e caracterizá-la. Aqueles que trabalham a língua portuguesa, em geral nos respondem que a crônica  deve discorrer […]
29 de Maio de 2016

ARTIGO: Jansen Leiros

M A C A I B A –  No começo do século XX, o Rio Grande do Norte ainda era uma província que se escrevia com letras minúsculas. Macaíba, um pouco mais que uma vila,  guardava  cinco ou seis casarões coloniais, aonde haviam morado famílias ilustres, reservas morais daqueles tempos. Lembro-me […]
22 de Maio de 2016

ARTIGO: Jansen Leiros

SONHOS  ALIMENTADOS COM CARINHO PATERNO – Um dia, acordei com resquícios de lembranças oníricas, às quais somei  o conteúdo das ansiedades que a mim me envolviam, naquele janeiro, há sessenta anos passados e pensei que pudesse ajustar-me ao consciente objetivo para constituir acervo vivo de um passado prenhe de emoções, repleto […]
15 de Maio de 2016

ARTIGO: Jansen Leiros  

     ELUCUBRAÇÕES SOBRE ENSAIO LITERÁRIO –  “O Ensaio refere-se ao texto  literário  conciso, livre de convenções e formalidades, a meio caminho entre a linguagem poética e a instrutiva (Wikipédia).”   Através desta ementa, cujo conteúdo é defendido por cada estudioso do assunto, estabelecendo formas distintas para o gênero dos ensaios (descrito […]
2 de Maio de 2016

ARTIGO: Brasil, um país continental e rico

Jansen Leiros O Brasil, pais continente, tem uma costa imensa, quase interminável, banhada pelo Oceano Atlântico, É o pais de maior extensão territorial, das Américas, com 8.514.876 km2  O Brasil possui uma das áreas litorâneas mais extensas do mundo – 7.367 km em linha contínua ou 9.198 km considerando-se os […]
4 de Abril de 2016

ARTIGO: Dos meios de expansão na Mídia

Anair e Jansen Leiros “Ensaio é um texto literário breve, situado entre o poético e o didático, expondo ideias, críticas, reflexões éticas e filosóficas a respeito de certo tema. É menos formal e mais flexível do que o tratado.” Nos dias atuais, sejamos quem sejamos, somos surpreendidos com uma quase […]
21 de Março de 2016

Sonhos alimentados com carinho paterno

Jansen Leiros Um dia, acordei com resquícios de lembranças oníricas, às quais somei  o conteúdo das ansiedades que a mim me envolviam, naquele janeiro, há sessenta anos passados e pensei que pudesse ajustar-me ao consciente objetivo para constituir acervo vivo de um passado prenhe de emoções, repleto de sonhos, alguns […]
26 de agosto de 2015

A terapia de novos horizontes

Jansen Leiros* Certa tarde, Anair e eu, decidimos fazer uma visita a dois primos muito queridos, Gelza e Kenji Matsunae! Saímos na direção dos Vales Úmidos do Pium, onde residem, para os lados do sudeste do Estado. O dia registrava uma temperatura agradável e seguimos em frente, visualizando alguns resquícios […]
19 de agosto de 2015

A eclosão de um projeto primoroso

Jansen leiros* Todo o projeto nasce de um sonho!  Todo sonho que se preze, há de ser um sonho estético. Pois bem! Gelza Matsunae, ainda criança, sentiu que sonhava e nele, o sonho, ela flutuava como se fora uma nuvem de muita fluidez. Abriu os olhinhos, quase nipônicos, pela afinidade […]
14 de agosto de 2015

Abelhas ¨apis mellifera linnaeus¨

Jansen Leiros Num domingo, pela manhã, reunimo-nos na casa de um dos diretores do Instituto Histórico e Geográfico do RN, com o objetivo de fazermos uma excursão ao litoral deste Estado, objetivando documentar a presença de alguns tipos de Abelhas existentes naquela região. Munimo-nos de máquinas fotográficas ultra sensíveis, com […]
5 de agosto de 2015

Cenas de um mundo onírico

Jansen Leiros* A madrugada parecia ter-se acomodado e adormecido a sono solto! Os que dormiam, projetavam-se nas regiões oníricas e caminhavam pelas veredas dos sonhos, sonhando que sonhavam. Essa era a suposição dos que assim observavam as cenas, surgidas e mergulhadas em seus cenários, acomodados às projeções do passado, como […]
29 de julho de 2015

O “status quo” deste Brasil hodiderno

Jansen Leiros* Cheguei cansado das lides do dia a dia e fui, de imediato, tomar meu banho noturno para livrar-me da fadiga e do calor quase escaldante deste verão. Meditei sobre as circunstâncias emocionais que envolvem o  quadro político do povo brasileiro, conduzindo os componentes desse elenco, envolvido nas mais […]
25 de julho de 2015

Gratidão aos que foram nossos exemplos

Jansen Leiros Desde muito cedo me dei conta de que possuía uma vontade muito grande de abraçar a carreira do ensino e fui interiormente, trabalhando esse desejo no sentido de tornar-me professor. Esse desejo tomou  contra de mim, dominando os impulsos e cresceu comigo. Ainda em Macaíba, comecei a discursar […]
13 de julho de 2015

Um dia com o casal Kenji e Gelza Matsunae

Jansen Leiros Objetivando levantar informações sobre a chegada dos nipônicos ao Rio Grande do Norte, visitamos os Matsunae num dia de semana, para com eles conviver descontraidamente na agradável mansão que construíram às margens da estrada Natal – Pium e sentir, de perto, quais seus costumes, suas reações, principalmente as […]
8 de julho de 2015

A presença nipônica no Rio Grande do Norte (2)

 Jansen Leiros Por ocasião da última festa do Boi, fui visitar um casal contraparente que mora no PIUM, o casal Gelza e Kenji Matsunae, pois que são, como nós, (Anair e eu) cultivadores de orquídeas. Ao longo do dia, falou-se no planejamento de uma festa comemorativa dos sessenta anos da […]
3 de julho de 2015

A presença nipônica no Rio Grande do Norte

Jansen Leiros* O arquipélago japonês é um conjunto de minúsculas ilhas orientais, no Pacífico, em torno de uma ilha maior, na qual se situa a cidade de Tóquio, capital do Japão. Nos idos de 1950 (séc. XX) politicamente, ali estava instalado um reino, sob a hegemonia do Imperador HIROHITO também […]
6 de junho de 2015

A gratidão nos animais

Jansen Leiros* Alguns orientais que residem no setentrião do planeta têm o saudável hábito de criarem cães de guarda ou companhia e outros pequenos animais de estimação. Isto porquê, sabem da amizade que a maioria dos animais domésticos dedica aos Seres que os criam, que os alimentam, que repassam carinho […]