13 de janeiro de 2020

QUEIMA DE ESTOQUE – Heraldo Palmeira

QUEIMA DE ESTOQUE –  Noite modorrenta, friorenta, primeiros dias do ano-novo. Cheguei numa loja de uma grande rede de supermercados paulista, conheço diversos funcionários, nos cumprimentamos. E fui logo apresentando uma questão a respeito da promoção que vi na entrada: quem comprasse um panetonne Bauducco levava dois – valendo para […]
6 de janeiro de 2020

IMPRESSÃO DE VIDA – Heraldo Palmeira

IMPRESSÃO DE VIDA – Vejo com enorme tristeza os verdadeiros escombros em que se transformaram os prédios que sediaram os jornais – e rádios – que transformaram minha vida, que me iniciaram na paixão pela comunicação. Estão ali nos mesmos lugares, ou abandonados ou moribundos recebendo os penitentes que restaram. […]
1 de julho de 2019

ARRAIAL DE ALGODÃO – Heraldo Palmeira

ARRAIAL DE ALGODÃO –   É noite de São João Quase amanhecendo o dia É madrugada e não vem Quem tanto eu queria A velha canção junina me veio à cabeça. Em pouco tempo estava me deliciando com a versão original do Trio Nordestino, gravada em 1971. Sim, quando eu […]
21 de junho de 2019

LAÇOS DE TERNURA – Heraldo Palmeira

LAÇOS DE TERNURA –  A mulher miúda era jovem quando chegou a Brasília. Naquele tempo, o lugar ainda era, muito mais, um grande acampamento, um esboço de qualquer coisa parecida com uma cidade devidamente instalada. Reinava certa desorganização, mas as pessoas que chegavam ao planalto Central do Brasil tinham certeza […]
10 de junho de 2019

ESCURIDÃO PARTICULAR – Heraldo Palmeira

ESCURIDÃO PARTICULAR – O correio trouxe com antecedência a notícia de que a energia elétrica – força, como dizem os paulistanos em sua prosódia característica – seria cortada em determinada noite de janeiro, para manutenção no sistema. Anotei com a Bic azul na agenda, que continua no modelo antigo de […]
7 de junho de 2019

NATUREZA – Heraldo Palmeira

NATUREZA – A tarde começando a cair e a algazarra dos pássaros anunciando a noite chegando. Da minha janela, uma criatura docemente barulhenta (periquito, maritaca, periquitinho, periquitinho-de-vassoura, periquitinho-santo, periquito-de-asa-azul, periquito-miúdo, periquito-real, periquito-rei, periquito-de-santo-antônio, periquito-de-são-joão, periquito-do-espírito-santo, periquito-santo, caturra, tuim, tuimaitaca, maitaca-de-cabeça-vermelha, bate-bunda, bate-cu, caturra, coió, coió-coió, cu-cosido, cuiuba, iú-iú, miúdo, quilim, […]
27 de maio de 2019

O FANTASMA – Heraldo Palmeira

O FANTASMA – A imagem de abandono não lembra em nada o glamour que dominou seus ambientes suntuosos. Eu mesmo perdi a conta das vezes em que me hospedei ali, em viagens profissionais. Sempre gostei de andares mais altos e ali eles não faltavam, eram vinte e nove pavimentos. A […]
13 de maio de 2019

AUTORRETRATO – Heraldo Palmeira

AUTORRETRATO – O domingo amanheceu comum, aquela coisa preguiçosa de ficar na cama querendo parar o tempo um pouquinho para ele durar mais. “Deito mais tarde que devo E acordo antes do que gosto” Abri os olhos e a primeira sensação de que estava acordado foi lembrar do que me […]
7 de maio de 2019

ARCO DA ALIANÇA – Heraldo Palmeira

ARCO DA ALIANÇA – A cidade da minha infância e juventude tinha seus ícones particulares, como qualquer cidade. Aquelas figuras populares que todos conhecemos do cotidiano das ruas, com uma enorme falsa intimidade. Quando morrem, reviramos o baú do esquecimento até percebermos que perambularam na periferia das nossas vidas em […]
22 de abril de 2019

FELIZ PÁSCOA! – Heraldo Palmeira

FELIZ PÁSCOA! – Chega de coelhos que põem ovos, de chocolates deliciosos e super calóricos, de tanta coisa que deixa a verdadeira mensagem soterrada em segundo plano. Hoje, eu apenas lhe convido a ouvir a música, às vezes é muito melhor do que buscar palavras e sentimentos. Esta música vem […]
15 de abril de 2019

FRANQUIA DE ENTRETENIMENTO – Heraldo Palmeira

FRANQUIA DE ENTRETENIMENTO – Tenho andado nas empresas e me assustado com o que encontro para interlocução. Pessoas esforçadas, estressadas. Boa parte com formação sofrível, sem traquejo e projeto profissional de longo prazo – parece pouco provável que tenham algum para a vida pessoal. Quase sempre desanimadas, sem referências, levando […]
8 de abril de 2019

AS DORES DO MUNDO – Heraldo Palmeira

AS DORES DO MUNDO – Eu estava no meio da Amazônia, acomodado na cama da pousada depois de um dia de trabalho exaustivo pela selva, quando uma amiga querida me ligou chateada com problemas pessoais, relação amorosa morna e outras coisas comuns do cotidiano. Não aguentava mais a censura de […]