18 de novembro de 2017

TEMPOS DE CRIANÇA – Guga Coelho Leal

TEMPOS DE CRIANÇA –  Olhando para o céu, pela janela do meu quarto, vi um urubu voando e lembrei-me do céu no meu tempo de crianças, onde a presença dessas aves era constante. Gostávamos de olhar para o céu as nuvens brancas, nelas imaginava o formato de vários animais, tais […]
19 de agosto de 2017

BRINCADEIRAS DO MEU TEMPO DE CRIANÇA – Guga Coelho Leal

Lendo os jornais, revistas, ouvindo entrevistas e os jornais falados nos últimos dias, vejo uma enxurrada de notícias ruins que nos deixam abismado com os acontecimentos. A população perdeu a crença na justiça e na política, isto é péssimo. As escolas e o ensino público por estes “Brasis” afora fazem […]
12 de agosto de 2017

O VELHO ENGENHO – Guga Coelho Leal

O VELHO ENGENHO – Década de cinqüenta, início dos anos sessenta. Terminado o período escolar, mala pronta para passar as férias no Engenho Boa Vista de propriedade do avô Jorge Silva.  Uma festa. Quando vovô, era vivo, ele ia nos pegar em nossas casas e viajávamos – irmãos e primos- […]
5 de agosto de 2017

COISAS QUE SÓ ACONTECEM COMIGO (II) – Guga Coelho Leal

                “O tempo passa e com ele caminhamos todos juntos sem parar.” Na minha caminhada procuro colecionar amigos, tenho uma bela coleção. Ciente de que o tempo passa ligeiro, procuro ser feliz e fazer a felicidade daqueles que convivem comigo. Sou uma pessoa alegre e a alegria é […]
29 de julho de 2017

COISAS QUE SÓ ACONTECEM COMIGO – Guga Coelho Leal

Eu como contador de histórias e de estórias, tenho também poucas e boas – Peço desculpas aos doutores, Valério Mesquita e Armando Negreiros pelo plágio. Certa vez fui fazer uma ultra-sonografia em uma dos hospitais de Natal. A médica era bem jovem, baixinha, bonita de cabelos bem alinhados passando dos […]
22 de julho de 2017

 18 ANOS… – Guga Coelho Leal

                            O Baile de máscara, festa que abre o carnaval de Natal, foi criação nossa, dos confeitaristas – freqüentadores da Confeitaria Atheheu, há aproximadamente vinte e cinco anos. Era uma festa simples, com uma bandinha –Banda do […]
15 de julho de 2017

A REDINHA NOS ANOS 50/60 – Guga Coelho Leal

Nas décadas de mil novecentos e cinqüenta e mil novecentos e sessenta, a Redinha era a praia de veraneio mais procurada pelos natalenses, devido à proximidade com os outros bairros da cidade. Ponta Negra e Pirangi eram consideradas distantes, pois só se chegava por lá em veículo próprio, não havia […]
8 de julho de 2017

JOSÉ HENRIQUES BITTENCOURT – Guga Coelho Leal

Nascido na cidade de Baixa Verde hoje João Câmara, formou-se em engenharia e veio exercer a profissão em Natal, onde casou e constituiu família e um grande número de amigos. Professor Bittencourt como era chamado pelos amigos, alunos e colegas, foi um dos fundadores da Escola de Engenharia da Universidade […]
24 de junho de 2017

AVESSO A SUPER MERCADO – Guga Coelho Leal

Lendo um amigo sobre os roubos feitos nos supermercados, vi como ele acompanhou direitinho, todos os passos dos ladrões e ladras da nossa sociedade. Fiquei estupefato como se rouba sem precisar roubar. Eu pensei que isto era apenas costume (safadeza) de determinados políticos, mas vi que estou profundamente enganado.  Ao […]
17 de junho de 2017

ONTEM EM NATAL – Guga Coelho Leal

Lendo Salésia Dantas no blog Natal de Ontem, do meu amigo irmão Manoel Neto, lembrei-me de imediato do seu irmão e grande amigo José Canuto. Fizemos parte do Natal dos anos 60. Canuto como assim era conhecido, sempre foi um “gentleman” e juntamente com os irmãos Lawrence e Klaus Nóbrega […]
10 de junho de 2017

O CONTADOR DE HISTÓRIAS – Guga Coelho Leal

Jorge Coelho da Silva, ou Jorge Silva como conhecido, era uma pessoa às vezes rude, mas, muito honesto, de uma enorme capacidade de trabalho e de uma ternura muito grande com os netos. Pernambucano, veio morar na Paraíba na cidade de Santa Rita a onde casou e constituiu família. Minha […]
5 de junho de 2017

SAUDOSA MALOCA – Guga Coelho Leal

SAUDOSA MALOCA – Éramos crianças, amávamos os Beatles e o Rolling Stones. Fazíamos parte de uma geração de ouro. Tínhamos Pelé, Garrincha, Tom Jobim, Vinícius, Chico Buarque entre muitos outros que se destacavam e se destacam até hoje. Éramos colegas, amigos. De uma união tão forte, que alguns se tornaram […]
27 de Maio de 2017

COMPADRE ANTONIO – Guga Coelho Leal

      Antonio Honorato de Almeida conhecido como Antonio Pé de Pato, é um homem saudável, alegre, estatura mediana, muito forte. Ganhou este apelido por ter os pés grandes e ser o zagueirão do Grêmio Recreativo Jandaíra Esporte Clube, um time de futebol lá da cidade de Jandaíra, que […]
20 de Maio de 2017

MARIA APARECIDA – Guga Coelho Leal

  Maria Aparecida de Souza ou Maria de Nezinho, assim ela é conhecida lá pras bandas de Laranjeiras dos Cosme, lugarejo pertencente ao município de São José do Mipibú. Maria, mulher bonita, letrada, pedagoga e advogada, solteira por convicção, com pavor a marido e já nos quarenta, lembra muito a […]
16 de Maio de 2017

CHATO DE GALOCHA – Guga Coelho Leal

CHATO DE GALOCHA – Fui a Mossoró, aproveitei a viagem entrei até Boi Selado perto de Jucurutu e fui à fazenda de Manoel Carmelito Feliciano da Silva, conhecido carinhosamente pela população como Mane Cabeleira, ou Cabileira que é como o povo o chama. Homem calmo, alto, gordo, bonachão, desses bons […]
6 de Maio de 2017

NATAL DA MINHA JUVENTUDE – Guga Coelho Leal

            “Caminhando e cantando e seguindo a canção.” Assim é a vida. Uma canção que devemos saber cantá-la seja ele triste ou alegre.             Assim escrevi minha canção, e assim continuo a cantá-la. Nasci e me criei em Natal. Meus irmãos, filhos e amigos também, Natal que eu vivi era […]
29 de Abril de 2017

UM LONGO SONHO – Guga Coelho Leal

                 Era um quarto frio de um hospital, uma madrugada silenciosa, apenas se ouvia a entrada e saída de enfermeiras para aplicação da medicação. Eu com os olhos fixos para o teto, não conseguia dormi. Resolvi então mudar a posição da cabeça, já que pouco podia mexer o corpo, pois, […]
15 de Abril de 2017

AFRÂNIO AMORIM – Guga Coelho Leal

“Amigo é coisa para se guardar, debaixo de sete chaves. Dentro do coração. Assim falava a canção que na América ouvi. Mas quem cantava chorou, ao ver o seu amigo partir” Partiu Afrânio, seus amigos choraram, assim como é na nossa canção. Afrânio chegou a Nata – vindo do Oeste do […]
19 de Fevereiro de 2017

ANTIGOS CARNAVAIS – Guga Coelho Leal

Ano? Década de 50, mês? Não sei talvez fevereiro ou março, apenas recordo que era carnaval. Eu era menino. Papai e mamãe me levavam juntamente com dois irmãos para o corso – desfile de carros, na época na Avenida Rio Branco. Óculos de papel colorido, e um saco de filó […]
4 de Fevereiro de 2017

   A FALÊNCIA DO SERVIÇO PÚBLICO – Guga Coelho Leal

Fui funcionário público 28 anos e vejo hoje como as “coisas” andam bem diferente do meu tempo  Comecei minha vida profissional como auxiliar de engenheiro no Departamento de Estradas de Rodagem-DER RN. Depois, me formei em engenharia e fui engenheiro residente do 3° Distrito Rodoviário sediado no município de João […]