14 de julho de 2020

UM HOMEM SÓ – Guga Coelho Leal

UM HOMEM SÓ – Era quase madrugada um pouco mais que cinco horas da manhã. Céu carregado de nuvens escuras, deixava passar entre elas os primeiros raios de sol que sobre o mar projetava um pequeno espelho d’água brilhante, talvez querendo ensinar-me que entre fases escuras da nossa vida também […]
4 de julho de 2020

ESSE CARA SOU EU? – Guga Coelho Leal

ESSE CARA SOU EU? – “Nós era sete”, graças a Deus não “fumo morrendo” e nem “só ficaram eu”, morreu sim, minha irmã Niris e o irmão José Maria, deixaram um vazio, uma saudade imensa.  Éramos sete crianças felizes, todas cheias de saúde. Todas? Não, desde criança que tive alguns […]
25 de junho de 2020

NOSSAS VERDADES – Guga Coelho Leal

NOSSAS VERDADES – Mexendo nas minhas gavetas, vi esta crônica escrita em março de 2010, vejam, faz dez anos e o besteirol e ignorância no nosso povo continua. Nessa época de tremenda angustia, o dinheiro do povo (não existe dinheiro público) foi queimado estupidamente para construir Arenas de futebol, quantos […]
11 de junho de 2020

MARIA APARECIDA – Guga Coelho Leal

MARIA APARECIDA – Quarentena grande, mais de três meses e meio dentro de casa, pensamentos bons e ruins, sem alternativas, pego o carro e vou para as ruas, sem destino, Cotovelo? Talvez, sigo e continuo sem destino. Nas proximidades do viaduto que dar acesso para Av. Roberto Freire decido ir […]
26 de maio de 2020

PANDEMIA OU AGONIA – Guga Coelho Leal

PANDEMIA OU AGONIA – Hoje acordei distraído, sentei na cama, olhei para o céu e perguntei em pensamentos – Meu Deus quem sou eu? Para onde vou? Continuando olhando, passei um bom pedaço e compreendi que tinha sonhado. Sonhei com uma tarde fria, cinzenta, sem pessoas pelas ruas. Vou até […]
21 de maio de 2020

JÁ NÃO FALAMOS DE AMOR – Guga Coelho Leal

JÁ NÃO FALAMOS DE AMOR – Hoje as leituras dos jornais (falados, escritos) e revistas são em sua maioria sobre corona vírus, politicagem sem escrúpulos, crimes de morte e outros tipos de violência, tornando para mim uma leitura desinteressante. A gente já não fala mais de amor.  Acho que o […]
18 de maio de 2020

MEU TEMPO PASSOU? – Guga Coelho Leal

   MEU TEMPO PASSOU? – Como as coisas mudaram. Sou do tempo que mulher usava anágua, calcinha e sutiã. Sou do tempo em que “avançar o sinal” era colocar a mão no joelho dela. Sou do tempo que “Olhe o lance” era olhar de soslaio entre as coxas de uma […]
13 de maio de 2020

O CONTADOR DE HISTÓRIAS – Guga Coelho Leal

O CONTADOR DE HISTÓRIAS – Jorge Coelho da Silva, ou Jorge Silva como conhecido, era uma pessoa às vezes rude, mas, muito honesto, de uma enorme capacidade de trabalho e de uma ternura muito grande com os netos. Pernambucano, veio morar na Paraíba na cidade de Santa Rita a onde […]
30 de abril de 2020

COMPADRE ANTONIO – Guga Coelho Leal

COMPADRE ANTONIO – Antonio Honorato de Almeida conhecido como Antonio Pé de Pato, é um homem saudável, alegre, estatura mediana, muito forte. Ganhou este apelido por ter os pés grandes e ser o zagueirão do Grêmio Recreativo Jandaíra Esporte Clube, um time de futebol lá da cidade de Jandaíra, que […]
22 de abril de 2020

O PREFEITO, O PROFESSOR E A BICHINHA – Guga Coelho Leal

O PREFEITO, O PROFESSOR E A BICHINHA – Bem Querer é uma cidadezinha encravada no alto sertão de um estado nordestino. Entrou para glória depois que dois fatos aconteceram quase que simultâneos e mudaram sua história. Hoje bem visitada por turistas, todos querem conhecer o riacho que o professor morreu. […]
20 de março de 2020

O VELHO TRAPICHE – Guga Coelho Leal

O VELHO TRAPICHE – Era um dia do mês de setembro do ano de 2015. Céu aberto, pouca nuvens, noite de lua, dita a maior lua dos últimos dezoito anos. Só, nos meus pensamentos, resolvi voltar no passado. Comecei a dirigir meu carro em direção a Redinha, que quando eu […]
13 de fevereiro de 2020

PARASITA? EU? – Guga Coelho Leal

PARASITA? EU? – Bom, parece que o Ministro Paulo Guedes, resolveu perder as estribeiras e atacar quem menos tem culpa pela esculhambação que vive a Pátria Amada. Começou atacando os funcionários públicos, depois as empregadas domésticas, como se emprego de empregada doméstica, fosse qualquer coisa de extraordinário, fazer uma viagem […]
8 de janeiro de 2020

HISTÓRIAS FALADAS E OUVIDAS NA CONFEITARIA ATENEU VII – Guga Coelho Leal

HISTÓRIAS FALADAS E OUVIDAS NA CONFEITARIA ATENEU VII – Odeman Miranda de Araújo, este é o nome do velho Dema, Deminha, Pai Ta Bom, Man ou Conde do Taiti, apelidos que alguns confeitaristas “arranjaram” para ele. Odeman, pouco mais de 1,60m de altura, já tinha passado dos oitenta, era um […]
21 de dezembro de 2019

COISAS QUE SÓ ACONTECEM COMIGO II – Guga Coelho Leal

COISAS QUE SÓ ACONTECEM COMIGO II – “O tempo passa e com ele caminhamos todos juntos sem parar.” Na minha caminhada procuro colecionar amigos, tenho uma bela coleção. Ciente de que o tempo passa ligeiro, procuro ser feliz e fazer a felicidade daqueles que convivem comigo. Sou uma pessoa alegre […]
5 de dezembro de 2019

AMIGOS DE MEU PAI, MEUS AMIGOS – Guga Coelho Leal

AMIGOS DE MEU PAI, MEUS AMIGOS –  Neste artigo, falo em amizades construídas desde os tempos de meu pai ou meu avô. Lembrando essas pessoas, resolvi escrever sobre elas. Foram pessoas que viveram intensamente Natal.  Embora de outra geração, faziam parte do meu convívio. Eram alegres, prestativos e o mais […]
2 de dezembro de 2019

ROSINHA DOS LIMÕES – Guga Leal

ROSINHA DOS LIMÕES – Era eu, um jovem estudante de engenharia, cursava o segundo ano, estava hospedado na República do Banco do Brasil, habitada por jovens funcionários d’aquele banco na cidade de Caicó. Mês de julho de 1966, época da festa de Santana, a cidade toda era uma alegria só. […]
30 de agosto de 2019

COISAS DO RN – Guga Coelho Leal

COISAS DO RN – Me encontro com Chico Cunha ex-funcionário do DER, aposentado, que foi puxando assuntos da atualidade e abriu o verbo. – Eu não deveria falar! Mas, vou falar sim eu sou linguarudo e vou falar sim. Eu nasci burro e falador, não são meus defeitos e sim […]
20 de agosto de 2019

JOCA, O GOLEIRO – Guga Coelho Leal

JOCA, O GOLEIRO – A bola vai para Saquinho, mata no peito, entrega para Jorginho, este lança perigosamente para Wallace, passou para Gilvan, vai marcar atirou…, defendeu espetacularmente Harry Carrey. Essa era a narração do nosso locutor no tempo de criança. Os craques acima citados eram nossos heróis do futebol […]
10 de agosto de 2019

DE VOLTA PARA O PASSADO I – Guga Coelho Leal

DE VOLTA PARA O PASSADO I – Resolvi voltar ao passado, e fazer uma viagem ao interior. Esta época do ano é para mim o melhor momento para viajar ao interior. A vegetação de um verde especial, o gado pastando, um clima ameno, um povo feliz dentro de suas limitações. […]
31 de julho de 2019

COISAS DO PASSADO – Guga Coelho Leal

COISAS DO PASSADO – Lendo o último artigo escrito pelo engenheiro José Narcélio Marques de Souza, em que ele relata a passagem de algumas figuras folclóricas de Natal, levou-me ao passado, ao meu tempo de menino e rapaz. Como metade da população de Natal sabe, e a outra também, passei […]