20 de julho de 2016

ARTIGO: José Eduardo Vilar Cunha

EDITH PIAF, 53 ANOS DE SAUDADES – Os raios do alvorecer iluminavam a janela do quarto da residência Aragon, em Antibes, era uma manhã de outubro e, a pouca claridade espraiada na vidraça sinalizava o final de verão e início de outono. A estação de trem encontrava-se bem próxima da […]
1 de outubro de 2015

Madame Cristhine (Parte I)

Eduardo Vilar Saíram de bicicleta do hotel por volta das nove horas da manhã em direção a estação ferroviaria de La Rochella, era domingo, e o dia estava belo e ensolarado para um bom passeio. O plano dos dois amigos era ir para Cognac, uma comuna a sudeste da França, […]
1 de outubro de 2015

Madame Cristhine (Parte II)

Eduardo Vilar Quando o ônibus chega à parada, os passageiros formaram uma fila, todos procuram um melhor lugar para sentar, Alain escolhe um banco na parte de trás e foi seguido por Madame Cristhine, deixando René num ao lado. A conversa foi o ponto alto no trajeto de 3 km […]
1 de outubro de 2015

Madame Cristhine (Parte III)

Eduardo Vilar Ao término do passeio de Cristhine, os três excursionistas recorreram às instruções do prospecto e seguiram para a próxima visita, o porto. O porto de Saint-Martin-de-Ré foi construído em 1681, ao longo do tempo foi utilizado como de abrigo para muitas embarcações, todavia, em 1940 foi ocupado pelos […]
17 de setembro de 2015

A Nau Victoria em Rochefort (Parte I)

Eduardo Vilar Já estava há algum tempo em La Rochelle, quando surge a oportunidade de conhecer a cidade de Rochefort, uma comuna francesa localizada no departamento de Charente-Maritime ao sudoeste da França. O principal interesse na visita a Rochefort era conhecer a réplica da Nau Victoria que estava em exposição e ancorada […]
17 de setembro de 2015

A Nau Victoria em Rochefort (Parte II)

 Eduardo Vilar O capitão geral da esquadra, Fernão de Magalhães, conseguiu aprisionar dois gigantes e os embarcou em uma das naus. A convivência não era fácil e uma das maneiras de acalmá-los consistia em dar-lhes alimentos, eram verdadeiros glutões, comiam de tudo, principalmente de carnes cruas e por terem pés […]
17 de setembro de 2015

A Nau Victoria em Rochefort (Parte III)

Eduardo Vilar A esquadra prossegue viagem, mas, ao verificarem que a tripulação diminuiu após o combate, resolveram queimar a nau Concepción, antes, porém do ato, recolhem todos os pertences aproveitáveis e assim, prosseguiram viagem rumo à ilha Panilongón. Na ilha pactos foram realizados com o rei e provimentos foram adquiridos […]
19 de maio de 2015

Quem bebe dessa água?

   Eduardo Vilar Já se foi o tempo em que podíamos comparar a água daqui de Natal com as de outras cidades dos estados circunvizinhos. A nossa água era leve, límpida, doce, uma delicia para se beber, e não era de uso comum o filtro, bebíamos direto da torneira, tanto era […]
14 de maio de 2015

Discurso de posse na ACLA

Eduardo Vilar Excelentíssima Senhora Presidenta da Academia Cearamirinense de letras e Artes, Pedro Simões Neto, Joventina Simões Oliveira, Senhores Acadêmicos, Autoridades aqui presentes, caros amigos e familiares, meus senhores e minhas senhoras. Inicialmente quero agradecer aos acadêmicos fundadores desta instituição, o Poeta Ciro José Tavares e a Poetisa Lucia Helena […]
5 de maio de 2015

Santiago, discípulo de Jesus

Eduardo Vilar Em Santiago de Compostela tive a oportunidade de observar nos peregrinos, após longas e exaustivas caminhadas, a emoção que eles demonstravam, ao avistar na entrada da “Plaza do Obradoiro” a gloriosa catedral de Santiago. A nitidez resplandecente em suas faces sinalizava um sentimento de fé, de esperança, que […]
29 de abril de 2015

Urinol Etílico

Eduardo Vilar              Normalmente as quartas feiras se reúnem no Iate clube do Natal para o almoço de confraternização, os afiliados da Ágape, uma entidade recreativa sem fins lucrativos. Numa quarta feira do encontro costumeiro, se assentavam lado a lado na mesa posta para o […]