29 de maio de 2017

COLABORAÇÃO PREMIADA – Diógenes Cunha Lima

COLABORAÇÃO PREMIADA – Delação está na moda. Castigo dos maus é conservação dos bons! Este o porquê da delação premiada prevista pelas Ordenações Filipinas, publicadas no reinado de Filipe II (o mesmo que mandou fundar a cidade de Natal). Indica o capítulo: “como se perdoará os malfeitores que derem outros […]
15 de maio de 2017

A CIÊNCIA DA FELICIDADE – Diógenes da Cunha Lima

A CIÊNCIA DA FELICIDADE – A felicidade será arte, ciência ou obedece a uma tecnologia especial? Os livros de autoajuda, de elevada proliferação e nem sempre de boa qualidade, não têm conseguido convencer. O tema é antigo e sempre novo. Ninguém pode duvidar de que este é o principal objetivo […]
8 de maio de 2017

O QUARTO SENADOR – Diógenes da Cunha Lima

  O QUARTO SENADOR – Os senadores representam o Estado, como a Câmara de Deputados, o povo brasileiro. Caicó, via Mato Grosso, enviou José Medeiros ao Senado. Revalorizam o nosso Rio Grande três representantes: Garibaldi Alves, José Agripino e Fátima Bezerra. Vamos lembrar as raízes seridoenses do mais novo parlamentar. […]
26 de abril de 2017

O NOSSO PROFETA – Diógenes da Cunha Lima

O NOSSO PROFETA – São passados 150 anos do nascimento de um profeta que habitou entre nós. Os verdadeiros profetas são iluminantes, mas raros. A Bíblia menciona cinco grandes profetas (que denominam livros bíblicos): Isaías, Jeremias, Daniel, Ezequiel e Baruc. Além desses, oito profetas menores. Todos são emissários da palavra […]
19 de abril de 2017

A CERCA DE CHICÓ PINHEIRO – Diógenes da Cunha Lima

A CERCA DE CHICÓ PINHEIRO – O fazendeiro Francisco Pinheiro Borges, o senhor da Bom Destino, homem simples, de inteligência esperta, surpreendia. Privilegiava os amigos dos seus filhos, conversando, contando histórias e questionando sobre suas próprias decisões. Certa vez, pediu minha opinião, objetei que nós não tínhamos nada para ofertar […]
12 de abril de 2017

NOBREZA DA ADVOCACIA – Diógenes da Cunha Lima

NOBREZA DA ADVOCACIA – O mais nobre dos advogados, que a história registra, foi Jesus Cristo. De fato, decide o evangelho de São João (2:1), apresentando-O como advogado, o justo. Uma atuação exemplarmente única. Na antiga Lei judaica, o pecado era crime e, como tal, penalizável. O Levítico (20:10) comina […]
5 de abril de 2017

MENTIRAS DOURADAS – Diogenes da Cunha Lima

MENTIRAS DOURADAS – Todo homem é mentiroso (salmo 116.11). Será exagero bíblico o omnis homo mendax? Ninguém no mundo deixa de dizer que fala a verdade. Perguntado por Pilatos o que é a verdade, Jesus Cristo, com divina sabedoria, deu o silêncio por resposta. A mentira é mais frequente, conhecida […]
29 de outubro de 2016

Artigo: VAQUEJADA NORDESTINA – Diogenes da Cunha Lima

VAQUEJADA NORDESTINA –  A vaquejada continuará a existir por ter raízes profundas na cultura nordestina e por ser patrimônio imaterial do povo brasileiro. Vaqueiro, cavalo e boi são indissociáveis. É também a vaquejada a fonte de renda de milhares de pessoas, de muitas famílias. A vaquejada é esporte, festa, espetáculo, […]
3 de setembro de 2016

ARTIGO: Diogenes da Cunha Lima

UM LIVRO PARA CRIANÇA – Há muito tempo observo e me encanto com a sabedoria de crianças. Muitas vezes anoto as pequenas historias, definições, dizeres, indagações surpreendentes. Muitas vezes encontramos graça, simplicidade, uma visão singular dos fatos e até verdades insuspeitadas. “Naná e o trem da sua vida” é um […]
11 de agosto de 2016

ARTIGO: Diogenes da Cunha Lima

MARIAS, PRINCESAS & RAINHAS –   Dilma Rousseff foi a terceira mulher a governar o Brasil. A primeira, Dona Maria I, “a Piedosa” ou “a Louca”, foi princesa do Brasil e rainha de Portugal. E, depois, entre 1815-1816, rainha do Brasil sob regência do filho João Maria, o Dom João VI. […]
1 de agosto de 2016

ARTIGO: Diogenes da Cunha Lima

SHAKESPEARE NA ACADEMIA – A Academia Norte-rio-grandense de Letras, na celebração dos seus 80 anos, homenageia o bardo inglês William Shakespeare (1584-1616). Certa vez, convidei na hora o mestre Câmara Cascudo para estar presente na Galeria de Arte da Prefeitura, que existia na praça André de Albuquerque. O mestre, de […]
23 de julho de 2016

ARTIGO: Diogenes da Cunha Lima

LAMPIÃO E MACBETH? –  A vastidão, diversidade, sutis revelações da alma humana tornam a obra de William Shakespeare (1564 – 1616) frequente objeto de comparações. Nas comemorações centenárias, seja lícito comparar com ousadia. Certamente, as dessemelhanças são profundas, mas coincidências existem. O mal é assemelhado. Sanguinário, devasso, falso, enganador, violento, […]
11 de julho de 2016

ARTIGO: Diogenes da Cunha Lima

O UNIVERSO DE HÉLIO GALVÃO –  A Academia vai comemorar, com Mesa Redonda composta por especialistas sobre o tema, o centenário do acadêmico Hélio Galvão. A mesa será presidida pelo sucessor da Cadeira 2, Ernani Rosado. Conversando com ele, manifestei a dúvida sobre o título para bem definir um homem […]
24 de junho de 2016

ARTIGO: Diogenes da Cunha Lima

ÍCONES, FLORES E LIVROS –  Os símbolos comandam a vida humana. Neil Armstrong, ao posar na lua em 20 de julho de 1969, deixou dois símbolos: a bandeira do seu país e um livro, o mais importante de todos, a “Bíblia”, edição pequena, de meia polegada. O livro é quase […]
16 de junho de 2016

ARTIGO: Diogenes da Cunha Lima

Submissão ou Desobediência – “Terrível é a palavra NON (não em latim). Não tem direito nem avesso”, disse o padre Antônio Vieira. Ele que havia questionado a decência de o rei dizer não. Às vezes, a desobediência pode revelar a dignidade da não-submissão. Na cidade de Susã, o rei do […]
14 de junho de 2016

ARTIGO: Diógenes da Cunha Lima

SUBMISSÃO OU DESOBEDIÊNCIA – “Terrível é a palavra NON (não em latim). Não tem direito nem avesso”, disse o padre Antônio Vieira. Ele que havia questionado a decência de o rei dizer não. Às vezes, a desobediência pode revelar a dignidade da não-submissão. Na cidade de Susã, o rei do […]
11 de junho de 2016

ARTIGO: Diogenes da Cunha Lima

A CHAMA OLÍMPICA –  Do caos nasceram as estrelas. As estrelas são fogo e iluminação. Simbolicamente, o fogo é vida, espírito, paixão, porque ilumina. Em todos os recantos do mundo é considerado sagrado porque purifica, renova, regenera. Os devotos acreditam que o fogo tem a força de convocar as forças […]
14 de março de 2016

Cordel – patrimônio nacional

Diogenes da Cunha Lima Considerada patrimônio histórico e cultural do Brasil, a literatura de cordel é poesia popular característica do povo nordestino, impressa e divulgada em folhetos. Chegou ao Brasil no século XVI, introduzida pelos portugueses desde o início da colonização. Segundo Clotilde Tavares, foi inventada por Leandro Gomes de […]
11 de março de 2016

Shakespeare na Academia

  Diogenes da Cunha Lima A Academia Norte-rio-grandense de Letras, na celebração dos seus 80 anos, fará homenagem ao bardo inglês William Shakespeare (1584-1616). Certa vez, convidei na hora o mestre Câmara Cascudo para estar presente na Galeria de Arte da Prefeitura, que existia na praça André de Albuquerque. O […]
3 de fevereiro de 2016

A Benção de Câmara Cascudo

Diogenes da Cunha Lima Quando vim estudar aqui, meu pai, que tinha enorme curiosidade intelectual, advertiu-me:  – Você gosta de literatura. Em Natal só tem um rio que é Câmara Cascudo. O resto é tudo riacho. Banhei nas águas desse rio a minha adolescência e maturidade. Inicialmente, tentei, sem sucesso, […]