BNDES pretende quitar empréstimo de R$ 130 bilhões tomado do Tesouro Nacional

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai devolver cerca de R$ 130 bilhões para a União. O motivo é a quitação de empréstimos com o Tesouro Nacional.

Entre 2008 e 2014, o banco recebeu cerca de R$ 530 bilhões. Em 2016, foram devolvidos cerca de R$ 100 bilhões e, no ano passado, cerca de R$ 50 bilhões.

Segundo o Banco Central, se não houver essa devolução, a dívida do setor público pode chegar perto de 80% do Produto Interno Bruto (PIB).

A informação sobre a devolução do dinheiro foi dada pelo diretor de Planejamento do BNDES, Carlos da Costa. Mas ele disse que ainda não há data e que o pagamento pode ocorrer de forma fracionada.

De 2008 a 2014, o Tesouro Nacional aportou cerca de R$ 500 bilhões em títulos públicos ao BNDES para ampliar a capacidade do banco de emprestar recursos para sustentar o investimento e estimular a economia.

Os aportes do Tesouro Nacional ao BNDES não tiveram impacto sobre a dívida líquida do governo – diferença entre o que o governo deve e o que tem a receber. Mas as transações ampliaram a dívida bruta, nos últimos anos.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *